Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelo de convolução de sinais e obtenção da função resposta para determinação do tempo de fluorescência

Processo: 19/10204-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Leonardo de Boni
Beneficiário:Victor Antonio Marques Carlos Pereira
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Compostos orgânicos   Compostos inorgânicos   Fluorescência   Espectroscopia   Laser

Resumo

A obtenção dos tempos de vida de fluorescência de compostos orgânicos ou inorgânicos por meio de uma excitação ótica é útil para descrever processos fotofísicos e fotoquímicos que podem ser aplicados em diversas áreas. Como exemplo, existem aplicações na fotônica, na química, na biologia e na medicina, uma vez que o tempo de vida de fluorescência pode mostrar muito sobre algumas propriedades dos fluoróforos. Pode-se destacar que o comportamento do tempo de vida de fluorescência e sua constante temporal de decaimento podem quantificar a pureza de um determinado composto em soluções diversificadas (diferentes solventes), distinguir compostos distintos em uma amostra desconhecida e mostrar a existência e o tipo de interações entre moléculas, como, por exemplo, formação de agregados e fotodegradação (principalmente em moléculas orgânicas). Sendo assim, a quantificação dos processos descritos depende muito da medida desses tempos de vida de fluorescência e suas dependências. Porém, embora existam equipamentos para realizar essas medições, devido aos tempos de vida de fluorescência de alguns compostos serem muito curtos, uma análise mais precisa é necessária. Nesses casos, a resposta dos equipamentos de medição (detetor, cabos e osciloscópio) deve ser levada em consideração, devido às suas respostas temporais, impedâncias e capacitâncias elétricas. Nesse contexto, será elaborada uma rotina de programação baseada no método e convolução de sinais para se obter a resposta pura do tempo de vida de fluroescência. Essa rotina visa usar o sinal induzido no sistema de medição combinado com funções matemáticas do tipo exponenciais para produzir o sinal de fluorescência medido pelo mesmo sistema. Com isso, espera-se obter um tempo de vida de fluorescência sem a influência da resposta temporal dada pelo sistema de medição.