Busca avançada
Ano de início
Entree

Quantificação da operação agrícola crítica e distribuição da tensão aplicada no solo por máquinas utilizadas no sistema de cultivo da cana-de-açúcar

Processo: 18/15710-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 29 de janeiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Isabella Clerici de Maria
Beneficiário:Wellingthon da Silva Guimarães Júnnyor
Instituição-sede: Instituto Agronômico (IAC). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Conservação do solo   Manejo do solo   Física do solo   Sistemas de cultivo   Máquinas agrícolas   Colheita   Cana-de-açúcar   Qualidade do solo

Resumo

A compactação do solo em agrossistemas canavieiros, causada pelo intenso tráfego de máquinas durante o ciclo da cultura, tem sido apontada pelo setor como uma limitação para a manutenção da produtividade e da longevidade dos canaviais. Visando encontrar formas de reduzir os efeitos prejudiciais causados pelo tráfego agrícola sobre a estrutura dos solos, os objetivos deste projeto são: a) avaliar as alterações estruturais do solo no sistema de cultivo da cana-de-açúcar, por meio do monitoramento da compactação e da qualidade física do solo em cada operação agrícola realizada; b) determinar a possível compactação adicional proporcionada pelo tráfego durante as operações de colheita da cana-de-açúcar realizadas com colhedoras de linha simples e de linha dupla por meio da pressão de preconsolidação (Ãp) e c) mensurar a tensão máxima e a distribuição das tensões no solo provocadas pelo tráfego de máquinas agrícolas em diferentes níveis de palha mantidos na superfície do solo após a colheita da cana-planta. O projeto será composto por dois experimentos: o primeiro será em Delineamento em Blocos Casualizado (DBC), com três repetições, e os tratamentos consistirão em dois tipos de solo, dois sistemas de colheita mecanizada (colhedora de linha simples e de linha dupla), em dois conteúdos de água (capacidade de campo e abaixo da capacidade de campo). O segundo experimento será também em DBC, com três repetições em esquema fatorial (2x2), sendo os fatores: dois tipos de solo e quatro quantidades de palha de cana (0, 5, 10 e 15 Mg ha-1 de massa seca). Serão avaliados indicadores da qualidade do solo (densidade do solo, porosidade, resistência à penetração, densidade relativa e pressão de preconsolidação) e estimadas as Curvas de Compressão do Solo (CCS). Será realizada a mensuração das tensões aplicadas ao solo pelo maquinário utilizado no sistema de colheita da cana-de-açúcar. Os valores de pressão de preconsolidação (Ãp) serão ajustados em função da umidade volumétrica, para produzir aos Modelos de Capacidade de Suporte de Carga do solo (MCSC). As comparações entre as CSC para os tratamentos serão realizadas pelo teste F, conforme descrito em trabalho sobre mecânica de solos. Os dados dos atributos físicos-hídricos e mecânicos do solo e das variáveis tecnológicas serão submetidos à análise de variância, tendo as médias comparadas pelo teste de Tukey (p= 0.05). (AU)