Busca avançada
Ano de início
Entree

Integrando moléculas, morfologia e fósseis: a evolução das serpentes booideas revelada pela análise filogenética tip-dating de evidência total

Processo: 19/11166-3
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2019
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Paleozoologia
Pesquisador responsável:Annie Schmaltz Hsiou
Beneficiário:Silvio Yuji Onary Alves
Supervisor no Exterior: Michael Lee
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : Flinders University, Austrália  
Vinculado à bolsa:17/00845-1 - Origem e macroevolução dos Booidea (Squamata, Serpentes) utilizando aspectos filogenéticos e análise de reconstrução de áreas ancestrais, BP.DR
Assunto(s):Serpentes   Filogenia   Evolução

Resumo

Serpentes constituem um grupo de escamados ecologicamente e taxonomicamente diverso, com mais de 3000 espécies viventes distribuídas através de todos os continentes com exceção da Antártica. Nas últimas décadas diversas hipóteses filogenéticas foram propostas, ambas considerando o posicionamento dentro de Squamata e suas relações no grupo interno. Essas hipóteses foram inicialmente baseadas ou em dados morfológicos (i.e. osteologia) ou em dados moleculares (DNA), acarretando sempre em cenários muito diferentes. Ambas as abordagens possuem limitações, com as análises moleculares não incorporando informações importantes do registro fóssil, ao passo que análises morfológicas se pautam em uma quantidade de dados limitados que por sua vez impede a estimativa acurada das taxas evolutivas e da datação de nós ancestrais. Dada a problemática, alguns estudos recentes buscam combinar dados morfológicos e moleculares com o intuito de produzir hipóteses evolutivas mais robustas. Entretanto, diversas questões que se ainda mantém em abertas dificultam o entendimento da evolução de serpentes, como por exemplo, a pobre resolução dentro da irradiação de booideos, os quais são tradicionalmente sub amostrados no conjunto de dados morfológicos. O objetivo principal desse projeto é o de integrar os dados moleculares com os morfológicos (i.e. registro fóssil e osteologia) de serpentes viventes e extintas realizando uma nova análise filogenética Bayesiana de evidência total, buscando a resolução das relações internas das linhagens de booideos. A utilização de novos dados morfológicos de uma grande amostragem taxonômica de serpentes booideas (aqui incluindo novos materiais fósseis excepcionalmente preservados), combinado com dados moleculares provém o melhor potencial para a resolução dessas controvérsias. Esses resultados irão produzir novos conhecimentos acerca da evolução de serpentes, as datas de divergência das maiores linhagens, as taxas evolutivas dentro dos clados e dados primários para uma nova análise biogeográfica quantitativa. Adicionalmente, o propósito desse estágio é prover para o proponente uma oportunidade única para treinar e aprender novas habilidades no laboratório do Dr. Michael Lee, na Universidade de Flinders, Australia, o qual é um dos maiores especialistas em métodos de análise filogenética Bayesiana. Durante o período o candidato será treinado em métodos de inferência Bayesiana com ênfase em análises de evidência total, e expandirá a amostragem taxonomica de booideos, incluindo diversas espécies de pítons nativas da Australia e regiões adjacentes, assim como fósseis chave como os madtsoiideos australianos. Na Austrália, o candidato irá também visitar outras instituições locais onde a pesquisa com booideos já é executada (Laborátorio do Dr. Scott Keogh na Universidade Nacional da Australia, Camberra), com o objetivo de expandir os potenciais colaboradores e possivelmente desenvolver outras habilidades (e.g. morfometria geométrica). Por fim, esse estágio será de vital importância para o candidato, o qual irá aumentar suas habilidades, conhecimento e rede de colaboradores internacional, resultando em uma oportunidade única de treinar o proponente em uma área de pesquisa inovadora multidisciplinar, a qual sem dúvida terá implicações positivas para sua carreira e para o campo de estudo da Paleontologia no Brasil.