Busca avançada
Ano de início
Entree

Adorno contra Hegel: especulação e lógica da desintegração

Processo: 19/15103-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2019
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - História da Filosofia
Pesquisador responsável:Luiz Sérgio Repa
Beneficiário:Renata Inarah Guerra Santos
Supervisor no Exterior: Georg W. Bertram
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Freie Universität Berlin, Alemanha  
Vinculado à bolsa:17/03781-4 - Lógica da desintegração em Theodor W. Adorno: Dialética negativa como crítica da Ciência da lógica, BP.DR
Assunto(s):Theodor W. Adorno   Georg Wilhelm Friedrich Hegel   Teoria crítica

Resumo

A presença da filosofia de Hegel na Dialética negativa de Theodor W. Adorno tem sido enfatizada por um número considerável de estudos. Incorporada à própria modelação do conceito transformado de dialética que ali se apresenta, as críticas à filosofia hegeliana e à forma idealista da estrutura lógico-social são dois momentos incontornáveis para qualquer estudo que queira compreender o estatuto filosófico da relação entre pensamento e realidade na dialética adorniana. Não obstante o reconhecimento da posição privilegiada de Hegel na filosofia de Adorno, são raras as interpretações que abordam aquelas críticas sob o ângulo da logicidade interna de uma dialética negativa. Na perspectiva desta pesquisa de doutorado, lançamos a hipótese de que a estrutura lógica da dialética negativa pode ser apreendida como uma lógica da desintegração. Cabe lembrar que a partir da crítica da configuração idealista das categorias da dialética hegeliana, Adorno não só apresenta uma crítica epistemológica das categorias filosóficas, como também as relaciona à forma social capitalista. Entremeiam-se, nessa configuração filosófica materialista, a relação entre forma social e conhecimento. A fim de determinar o significado da lógica da desintegração, pretendemos investigar em que medida o conceito adorniano de especulação torna-se central para a determinação negativa da lógica da dialética negativa. Para tanto, mostraremos como Adorno incorpora criticamente o momento especulativo e o apresenta como necessário para salvaguardar a possibilidade da filosofia.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)