Busca avançada
Ano de início
Entree

Preparo e caracterização estrutural de organogéis termosensíveis a base de óleos naturais

Processo: 19/15157-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2019
Vigência (Término): 31 de outubro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Pesquisador responsável:Daniele Ribeiro de Araujo
Beneficiário:Jessica Silva do Nascimento
Instituição-sede: Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/14457-5 - Carreadores baseados em lipídios (SLN/NLC e lipossomas com gradiente iônico) como estratégia para aumentar a encapsulação e a potência de anestésicos locais, AP.TEM
Assunto(s):Organogéis   Nanobiotecnologia

Resumo

Organogéis (ORG) são sistemas semi-sólidos, em que uma fase orgânica é imobilizada por uma rede tridimensional composta por um sistema auto-organizado e gelificado, compondo a fase aquosa. Em geral, apresentam vantagens sobre os sistemas convencionais (cremes, pomadas, hidrogéis) como a modulação da velocidade e do tempo de permeação, assim como da afinidade pelo local de administração, de acordo com ajustes em sua composição. A busca por compostos bioativos de fontes naturais e com baixo potencial tóxico, tem direcionado o desenvolvimento de novas formulações farmacêuticas mais eficazes e seguras quando comparadas aos componentes convencionais. Em particular, as propriedades farmacológicas antibacterianas, antioxidantes, cicatrizantes e anti-inflamatórias dos óleos essenciais provenientes da Arnica (Arnica montana) e da Melaleuca (Melaleuca alternifolia) são resultados de sua composição química rica em ácido linoleico, flavonóides, ácido caféico, terpenóis e pinenos. Além disso, as formulações aqui propostas, apresentam a vantagem de não utilizar compostos como parabenos e solventes orgânicos na preparação, contribuindo para sua biocompatibilidade. Por outro lado, há poucas informações sobre a caracterização desses sistemas do ponto de vista estrutural, dada a diversidade de composição química dos óleos essenciais. Outro fato importante é a alta capacidade de adesão dos ORG à pele, formando um filme uniforme no estrato córneo, o que aumenta o tempo de contato da formulação com o local de aplicação. Em conjunto, esses fatores ressaltam a necessidade de investigações quanto à caracterização físico-química dos ORG e suas interações com os componentes do estrato córneo. Dessa forma, este projeto propõe o desenvolvimento (preparação e caracterização físico-química), a avaliação da estrutura do estrato córneo e da citotoxicidade in vitro, pós-tratamentos com organogéis a base de óleos essenciais de Melaleuca ou Arnica dispersos em matrizes termosensíveis a base de poloxamers.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.