Busca avançada
Ano de início
Entree

Características clínicas da fragilidade em idosos hospitalizados em enfermaria especializada em psiquiatria geriátrica

Processo: 19/09421-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Ivan Aprahamian
Beneficiário:Anne Isabelle Francoise Mei Alves Landowski
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ). Prefeitura Municipal de Jundiaí. Jundiaí , SP, Brasil
Assunto(s):Psiquiatria geriátrica   Hospitalização   Idosos   Fragilidade   Coleta de dados   Registros eletrônicos de saúde   Estudos transversais

Resumo

A Síndrome de Fragilidade (SF) causa um declínio progressivo da saúde de pacientes maiores de 60 anos, o que se agrava ainda mais quando há uma patologia psiquiátrica associada em razão do maior risco de hospitalização, quedas e mortalidade. A SF pode ser avaliada através de modelos uni ou multidimensionais com variadas complexidades, sendo os mais utilizados o Fried's Phenotype, o Frailty Index e o FRAIL questionnaire. Objetivos: Avaliar as características demográficas, clínicas e psiquiátricas da SF em pacientes idosos portadores de doenças mentais em uma unidade de internação especializada em psiquiátrica geriátrica. Comparar os resultados de dois instrumentos diagnósticos da SF com complexidades diferentes (Frailty Index e o FRAIL questionnaire). Métodos: Estudo transversal retrospectivo com coleta de dados supervisionada através de prontuário médico de pacientes psicogeriátricos internados em um hospital escola americano (Everett Hospital, Boston, EUA) em dois períodos de 30 dias durante o ano de 2019. Forma de análise dos dados e resultados esperados: Espera-se encontrar uma alta prevalência de SF nesta população. Estimamos uma amostra total de 250 pacientes coletados. Um piloto até o momento possibilitou a coleta de 100 pacientes. Serão analisadas as variáveis idade, sexo, etnia, tipo e número de doenças psiquiátricas, razão de internação, hospitalizações nos últimos 12 meses, número de psicotrópicos em uso e de medicamentos gerais, número de doenças clínicas, número de quedas em 12 meses, Frailty Index 36 itens classificando em SF leve, moderada e grave, e FRAIL questionnaire classificando em robustos, pré-frágeis e frágeis.