Busca avançada
Ano de início
Entree

Dados normativos da composição corporal e resistência óssea trabecular (TBS) por absorciometria com dupla emissão com fonte de raio X (DXA) de crianças e adolescentes saudáveis

Processo: 19/11989-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Maria Teresa de Sande e Lemos Ramos Ascensão Terreri
Beneficiário:Filipe Pedroso de Sousa
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Reumatologia   Composição corporal   Densidade óssea   Tecido adiposo   Crianças   Adolescentes   Estudos transversais

Resumo

A avaliação da composição corporal é realizada para quantificar separadamente a proporção de massa magra, massa gorda e conteúdo mineral ósseo de um indivíduo. A importância da avaliação da composição corporal está no fato de que diversos estudos comprovam que a quantidade de massa gorda e sua distribuição são fatores importantes para o desenvolvimento de eventos cardiovasculares, síndromes metabólicas, resistência à insulina e desenvolvimento de doenças crônicas em adultos. A medida da composição corporal pode ainda ser útil na avaliação do estado nutricional dos pacientes, na avaliação dos fluídos corpóreos, avaliação de mudança corporal decorrente da prática de atividade física, cálculo de dosagem de medicação necessária para cada indivíduo. A importância do estudo da resistência óssea trabecular está em que esta é uma das responsáveis pela força óssea, assim como a densidade mineral óssea. A densidade mineral óssea pode ser medida por meio da Absorciometria com dupla emissão com fonte de raio X (DXA).O objetivo principal é o de estabelecer os dados normativos da composição corporal de crianças e adolescentes brasileiros através da DXA incluindo o tecido adiposo visceral (VAT). O objetivo secundário é o de avaliar a resistência óssea em crianças e adolescentes saudáveis. Serão avaliados 336 crianças e adolescentes saudáveis de ambos os sexos em um estudo transversal sendo 168 do sexo masculino e 168 do sexo feminino e divididos em dois subgrupos de acordo com o estadio puberal em pré-púbere e púbere. A composição corporal será analisada por meio do DXA utilizando-se um aparelho Hologic (QDR 4500) e/ou Lunar (DPX MD). Os parâmetros obtidos serão massa gorda total (MGT), massa magra total/massa livre de gordura (FFM), massa magra apendicular (MMA), massa gorda (MG) em quilogramas (Kg) e percentagem, e relação gordura androide/ginoide (A/G).