Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos de desafios erosivos sobre a microdureza e rugosidade superficial de infiltrantes e selantes

Processo: 19/11396-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Giselle Maria Marchi Baron
Beneficiário:Janaina Cardoso Santos Couto
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Dentística   Erosão dentária   Microdureza   Rugosidade superficial   Selantes (materiais)   Teste de Tukey

Resumo

O objetivo deste estudo é avaliar a alteração da microdureza (MS) e rugosidade superficial (RS) de três materiais utilizados como protetores de superfícies dentais: o infiltrante comercial Icon® (IC), infiltrante experimental (IE) e o selante resinoso Prevent (SR). Amostras em forma de disco dos materiais (n=120) serão confeccionadas. Após, os corpos de prova de cada material (n=40) serão divididos em 2 subgrupos (n=20) para o desafio erosivo em diferentes soluções: simulação intrínseca (ácido gástrico) e simulação extrínseca (refrigerante). O ciclo desmineralizante (DES) e remineralizante (RE) para a simulação intrínseca (pH=2,3) será de 2 min em solução DES e 60 min em solução RE de saliva artificial; e para a simulação extrínseca (pH=2,9), será de 5 min em solução DES (refrigerante) e 60 min em solução RE de saliva artificial. A ciclagem para ambas soluções será realizada 4 vezes ao dia, por 5 dias. Ao final das ciclagens, os corpos de prova serão mantidos em umidade relativa e avaliados novamente quanto à microdureza e rugosidade de superfície. Os dados serão tabulados e analisados por ANOVA a 2 critérios (two-way) e teste de Turkey para comparação entre os grupos dos materiais utilizados com nível de significância estatística de 5%.