Busca avançada
Ano de início
Entree

Tradução e adaptação transcultural da pergunta da dignidade do paciente e do questionário este sou eu para uso na população brasileira

Processo: 19/14091-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2019
Vigência (Término): 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Bianca Sakamoto Ribeiro Paiva
Beneficiário:Bruna Minto Lourenço
Instituição-sede: Hospital do Câncer de Barretos. Fundação Pio XII (FP). Barretos , SP, Brasil
Assunto(s):Adaptação cultural   Oncologia   Tradução

Resumo

INTRODUÇÃO: Observa-se avanços nas pesquisas e avaliações rotineiras da qualidade de vida dos pacientes com câncer, mas pouco se tem abordado sobre a questão da dignidade dos pacientes no Brasil. O tratamento do paciente com câncer requer não somente padrões técnicos como também o resgate da dignidade humana, o que pode contribuir com a identificação de quais aspectos são importantes para o mesmo durante o seu tratamento. A Terapia da Dignidade (TD) é uma breve psicoterapia baseada em um modelo empírico de dignidade que começa com a reflexão sobre por que alguns pacientes com doença avançada desejam morrer, enquanto outros encontram a serenidade e o desejo de aproveitar seus últimos dias. Esta terapia oferece aos pacientes, não somente com doença avançada, a oportunidade de refletir sobre questões que são importantes para eles ou outras coisas que eles gostariam de lembrar ou transmitir a outras pessoas. A Pergunta da Dignidade do Paciente (PD) e o Questionário Este Sou Eu (ESEU) são ferramentas clínicas desenvolvidas através da TD com o objetivo de reforçar a dignidade e promover a saúde. Valoriza as atitudes de cuidado, através de uma visão holística, olhar para quem são, e não os definir exclusivamente com base em sua condição médica. OBJETIVO: Realizar a validade de conteúdo da Pergunta da Dignidade (PD) e do Questionário Este Sou Eu (ESEU). MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo descritivo, metodológico e transversal. O local de estudo será o Hospital de Câncer de Barretos. O estudo constará das etapas de tradução e adaptação cultural (comitê de especialistas), pré-teste (com 30 pacientes oncológicos). RESULTADOS ESPERADOS: Espera-se identificar uma versão adequada da PD e do ESEU para que possam ser úteis na avaliação da dignidade do paciente oncológico, propiciando assim uma ferramenta importante para os profissionais conhecerem melhor os pacientes os quais estão sob seus cuidados.