Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação dos correlatos neurais da leitura e escrita em crianças: um estudo baseado em fNIRS

Processo: 19/14879-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2020
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:João Ricardo Sato
Beneficiário:Milena Silva Bonfim
Instituição-sede: Centro de Matemática, Computação e Cognição (CMCC). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/21934-5 - Estatística de redes: teoria, métodos e aplicações, AP.TEM
Assunto(s):Neurociências   Neuroimagem   Crianças   Escrita   Leitura   Marcadores do trato nervoso   Espectroscopia de luz próxima ao infravermelho

Resumo

Apesar dos avanços na tecnologia de neuroimagem, as investigações das dinâmicas e processos funcionais do cérebro em situações da vida real são escassas. A espectroscopia funcional de infravermelho próximo (fNIRS) é uma tecnologia promissora nesta questão, particularmente em crianças, que são mais propensas ao movimento de cabeça durante os experimentos. Neste estudo, temos como objetivo identificar marcadores neurais associados à leitura e escrita em crianças que estão em processo de alfabetização (8 anos, 3ª série). Vinte participantes de 8 anos (3ª série) da comunidade local, que estão em processo de alfabetização e com diferentes proficiências em leitura e escrita serão voluntários neste estudo. O sinal do fNIRS será adquirido usando um sistema portátil com 8 emissores e 8 detectores e onda contínua. A montagem dos optados irá cobrir os córtices parietal inferior, temporal superior e frontal inferior do hemisfério esquerdo. O experimento consistirá de duas tarefas: leitura e escrita, cada uma com duração de 10 minutos. Nosso objetivo é comparar as diferenças na ativação cerebral entre a tarefa e o repouso, e palavras reais e pseudopalavras. Esperamos fornecer uma prova de conceito de que a fNIRS tem o potencial de fornecer correlatos neurobiológicos funcionais de leitura e escrita em crianças. Um resultado secundário é a identificação das regiões cerebrais cuja atividade está associada a essas tarefas.