Busca avançada
Ano de início
Entree

Propriedades mecânicas e reológicas de hidrogéis a base de pectina reforçados com nanocelulose de palha de soja

Processo: 19/14080-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2019
Vigência (Término): 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Engenharia de Alimentos
Pesquisador responsável:Paulo José do Amaral Sobral
Beneficiário:Clara Tagliatella Trolesi
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07914-8 - FoRC - Centro de Pesquisa em Alimentos, AP.CEPID
Assunto(s):Gel (formas farmacêuticas)   Viscoelasticidade   Coloides   Propriedades mecânicas

Resumo

Biopolímeros são macromoléculas de origem biológica que possuem propriedades interessantes para a indústria de alimentos, com especial interesse na capacidade espessante (aumento da viscosidade) e gelificante (textura). Recentemente, a nanocelulose, normalmente obtida de fontes renováveis, tem despertado interesse por melhorar as propriedades de sistemas a base de biopolímeros. Assim, o objetivo deste projeto é o estudo de algumas propriedades mecânicas e reológicas de hidrogéis produzidos com pectina reforçados com nanocelulose de palha de soja. O efeito do tipo de nanocelulose (nanocristais ou nanofibras) de palha de soja e sua concentração (0; 2,5; 5,0, 7,5; 10,0 g/100 de gramas de biopolímero) sobre as propriedades mecânicas e reológicas dos hidrogéis será estudado. As soluções de biopolímeros contendo a nanocelulose será caracterizada para determinação das propriedades reológicas e visco-elásticas, por testes estacionários e dinâmicos, respectivamente. Os géis, na forma de cilindros, serão caracterizados para conhecimento de suas propriedades mecânicas via testes de compressão uniaxial e por análise de perfil de textura, e também por teste de fluência, que permite o conhecimento da propriedade visco-elástica em longo tempo. Medidas dinâmicas serão realizadas nos géis para determinação das propriedades visco-elásticas em tempo curto. Assim, espera-se verificar o efeito do tipo e da concentração da nanocelulose sobre as propriedades de ambos os sistemas biopoliméricos.