Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do enriquecimento de CO2 atmosférico no crescimento de espécies de Eucalyptus

Processo: 19/15207-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2019
Vigência (Término): 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Pesquisador responsável:Tiago Santana Balbuena
Beneficiário:Letícia Rodrigues Moretto
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/15035-8 - Avaliação do desempenho de plantas de eucalipto cultivadas em atmosfera rica em dióxido de carbono: relações fonte-dreno reveladas por proteômica dirigida, AP.JP2
Assunto(s):Eucalipto   Fisiologia vegetal   Estresse abiótico

Resumo

Nas últimas décadas, tem sido observado um aumento crescente na concentração de dióxido de carbono atmosférico. Em 2019, foi observado o quarto maior registro de concentração de CO2 e a maior concentração de CO2 em sessenta anos de observação (NOAA, 2019). O último relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) destacou que a marca 900 ppm pode ser alcançada no ano de 2100, dependendo das políticas públicas e das práticas industrias adotadas mundialmente. Portanto, é de suma importância estudar as respostas das plantas mediante a essas alterações atmosféricas, já que estes organismos dependem diretamente de CO2 como substrato para o processo da fotossíntese. A presente proposta tem como objetivo avaliar e mensurar se o crescimento de espécies de Eucalyptus é alterado quando estimulado pelo aumento da concentração de CO2. Para isso, pretende-se cultivar plantas de eucalipto em condições controladas usando concentrações distintas de CO2. Diferentes parâmetros do crescimento serão avaliados para analisar o efeito do enriquecimento de CO2 e identificar diferenças entre as espécies selecionadas.