Busca avançada
Ano de início
Entree

Imobilização de ligantes em gel de agarose para utilização na técnica de difusão em filmes finos por gradientes de concentração

Processo: 19/15246-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Amauri Antonio Menegário
Beneficiário:Edson Geraldo de Oliveira Junior
Instituição-sede: Centro de Estudos Ambientais (CEA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/14227-5 - Mudanças climáticas e impactos ambientais em áreas alagadas (wetlands) do Pantanal (Brasil): quantificação, fatores de controle e previsão em longo prazo, AP.PFPMCG.TEM
Assunto(s):Filmes finos   Zircônia   Polissacarídeos   Imobilização   Espectrometria de emissão atômica por plasma acoplado indutivamente   Técnica de difusão em filmes finos por gradiente de concentração (DGT)

Resumo

Na técnica de difusão em filmes finos por gradientes de concentração (DGT) para determinação de elementos-traço "in situ", um dispositivo absorve continuamente no decorrer do tempo o analito no ambiente, usando basicamente um gel difusivo e um gel ligante. No gel ligante, o analito será retido para posterior análise, com métodos apropriados, para determinar a massa acumulada do elemento de interesse no disco. Em seguida será determinada a concentração do analito no ambiente através do tempo de imersão, janela de exposição, coeficiente de difusão e espessura do gel difusivo. A técnica foi desenvolvida por Zhang e Davidson, atualmente comercializada pela empresa DGT® Research, proprietária da patente do Cross-Linker, substância a base de acrilamida, utilizada no meio ligante e difusivo para coesão do gel. Os dispositivos DGTs, possuem relativamente altos valores agregados, particularmente, devidos aos custos dos géis e a taxas de importação, principalmente, se considerado a utilização de grande número de dispositivos em toda área a ser estudada. Através do uso da agarose, que possui baixo custo, é possível produzir em laboratório o gel difusivo e imobilizar resina (ou outros materiais ligantes), substituindo o uso da poliacrilamida e consequentemente a importação de géis. O sorvente varia de acordo com o elemento a ser retido, sendo a Chelex-100 eficiente para cátions e o Óxido de zircônio eficiente para ânions. Este trabalho objetiva utilizar a agarose como gel difusivo e para imobilização, pelo menos, da Chelex-100 e do Óxido de zircônio separada e/ou simultaneamente. Serão avaliados o coeficiente de difusão da agarose, eficiência de retenção dos analitos em laboratório (em diferentes condições de pH e força iônica). Também, será avaliado e ou desenvolvidos processos de eluição dos analitos que foram retidos nos novos discos. A determinação das concentrações dos analito será realizada por espectrometria de massas com plasma indutivamente acoplado (ICP-MS).