Busca avançada
Ano de início
Entree

Consequências funcionais da variante genética STAT3 c.-1937C>G no melanoma cutâneo

Processo: 19/16776-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 20 de setembro de 2019
Vigência (Término): 19 de janeiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Carmen Silvia Passos Lima
Beneficiário:Gabriela Vilas Bôas Gomez
Supervisor no Exterior: Juan Angel Recio
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : Vall d'Hebron Research Institute (VHIR), Espanha  
Vinculado à bolsa:16/25407-4 - Influência de polimorfismos em genes da via JAK/STAT na suscetibilidade e aspectos clinicopatológicos de pacientes com melanoma cutâneo, BP.DR
Assunto(s):Genética do câncer

Resumo

O melanoma cutâneo (MC) é um grave problema de saúde pública devido ao seu alto potencial metastático e alta taxa de mortalidade. A via de sinalização Janus quinase/sinal tranducer (JAK/STAT) regula o desenvolvimento, a progressão e o potencial metastático do tumor. A proteína STAT3 é codificada por gene polimórfico em humanos e, portanto, é possível que indivíduos normais apresentem diferenças herdadas na funcionalidade dessa via, com consequentes diferentes riscos para a ocorrência do MC, diferentes aspectos clinicopatológicos do tumor e prognóstico. Encontramos na parte inicial deste projeto que os indivíduos com o genótipo CC de STAT3 c.-1937C>G apresentaram risco 2,0 vezes maior de desenvolver MC (IC 95%: 1,06-2,63, P = 0,02). Em linhagem celular de melanoma geneticamente modificado (SK-MEL-28) para apresentar os genótipos distintos dessa variante de nucleotídeo único (SNV), observamos um aumento de 30% na atividade promotora do gene e aumento de mRNA nas células com o genótipo CC comparado ao genótipo GG, mas não sabemos as conseqüências dessa SNV na proteína codificada. O próximo objetivo deste projeto (a ser desenvolvido em outro serviço) é verificar se a SNV STAT3 c-1937C>G influencia a expressão e função da proteína STAT3. A quantificação da proteína será complementada pelo western blotting e estudos de apoptose e ciclo celular serão realizados em linhagem de melanoma SK-MEL-28 geneticamente modificada para apresentar os diferentes genótipos (CC e GG). Comparações da expressão proteica serão calculadas usando testes t e testes ANOVA ou Mann-Whitney e Kruskal-Wallis. Acreditamos que os nossos resultados podem contribuir para uma melhor compreensão da fisiopatologia do MC e para identificar indivíduos com alto risco de ocorrência do tumor ou forma mais agressiva da doença.