Busca avançada
Ano de início
Entree

Características morfológicas e moleculares de ácaros mesostigmáticos do solo coletados de diferentes ambientes agrícolas e da vegetação natural do Bioma Mata Atlântica no Estado de São Paulo

Processo: 19/12175-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 10 de outubro de 2019
Vigência (Término): 09 de abril de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Raphael de Campos Castilho
Beneficiário:Emiliano Brandão de Azevedo
Supervisor no Exterior: Marie-Stephane Tixier Lopes
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Local de pesquisa : Centre de Biologie et de Gestion des Populations (CBGP), França  
Vinculado à bolsa:18/14478-3 - Efeito dos cultivos agrícolas na diversidade de ácaros predadores Mesostigmata e prospecção para uso no controle biológico, BP.DR
Assunto(s):Mesostigmata

Resumo

A acarofauna edáfica é pouco conhecida no mundo, inclusive no Brasil. Os mesostigmas são o segundo grupo mais abundante de ácaros no solo e podem desempenhar um papel importante na regulação de pragas como predadores. O objetivo deste trabalho é caracterizar as espécies presentes em diferentes ambientes agrícolas e em uma zona de vegetação natural do bioma Mata Atlântica utilizando abordagens morfológicas e moleculares. A coleta será realizada em quatro áreas de milho e soja, bem como em uma área de vegetação natural. Em cada área, as amostras de solo serão coletadas mensalmente de dezembro de 2017 a outubro de 2019 e os ácaros serão extraídos utilizando um funil de Berlese modificado (contendo um frasco de álcool absoluto). As amostras serão examinadas e os mesostigmas serão isolados em tubos contendo álcool absoluto. Parte dos ácaros será montada em lâminas e lamínulas para identificação morfológica. A outra parte será usada para análises moleculares no "Centre de Biologie pour la Gestion des Populations" (CBGP) / Montpellier SupAgro em Montpellier, França. O DNA de cada ácaro será individualmente extraído e vários marcadores (mitocondrial e nuclear) serão utilizados para caracterização molecular (sequenciamento). Cada nova espécie identificada será descrita. Os resultados serão publicados em artigos científicos em periódicos internacionais ou nacionais com alto fator de impacto e serão apresentados em congressos.