Busca avançada
Ano de início
Entree

A grande cadeia do ser: o "Reino Animal" no olhar dos naturalistas viajantes portugueses e luso-americanos (1772-1818)

Processo: 19/10815-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 15 de outubro de 2019
Vigência (Término): 14 de abril de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Leila Mezan Algranti
Beneficiário:Breno Ferraz Leal Ferreira
Supervisor no Exterior: Silvia Sebastiani
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS), França  
Vinculado à bolsa:16/23264-1 - A grande cadeia do ser: o Reino Animal no olhar dos naturalistas viajantes portugueses e luso-americanos (1772-1818), BP.PD
Assunto(s):Império Português   Viajantes   Naturalistas   Iluminismo

Resumo

O presente projeto de pesquisa BEPE faz parte de um projeto mais amplo que desenvolvemos desde 2017, no qual investigamos as memórias, discursos e textos relativos ao Reino Animal escritos por naturalistas portugueses e luso-americanos da Academia Real das Ciências de Lisboa (fundada em 1779) que empreenderam viagens filosóficas no contexto da Ilustração. A proposta é examinar as diferentes leituras e usos de obras de naturalistas e historiadores europeus ilustrados, tais como Lineu, Buffon, Cuvier e Robertson, nos escritos sobre o Reino Animal de naturalistas produzidos no âmbito de viagens de investigação da natureza no Império português, em particular Alexandre Rodrigues Ferreira, João da Silva Feijó e João de Loureiro. Neste projeto BEPE, justificamos as razões pelas quais um estágio em Paris faz-se necessário, tanto pela necessidade de avançarmos em pontos da pesquisa que necessitam de conclusão, quanto em outros que iniciaremos e que constituem desdobramentos de investigações já realizadas.