Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel da sirtuína 1/Sirtuina 3 na resposta à obesidade e inflamação associada ao envelhecimento

Processo: 19/15411-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2019
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Niels Olsen Saraiva Câmara
Beneficiário:Omar Alberto Domínguez Amorocho
Supervisor no Exterior: Maria Mittelbrunn Herrero
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidad Autónoma de Madrid (UAM), Espanha  
Vinculado à bolsa:17/16711-4 - Papel da sirtuína 1 na ativação e diferenciação de células T CD4+ em animais obesos transplantados, BP.DR
Assunto(s):Envelhecimento   Sirtuína 1   Inflamação   Sirtuína 3   Obesidade

Resumo

Histona deacetilases (HDACs) são moléculas biológicas responsáveis por remover o grupo acetilo dos resíduos de lisina das histonas. Sirtuin1 (Sirt1) e Sirtuin3 (Sirt3) são dois membros bem caracterizados da família Sir2, familia de proteínas envolvidas em papéis vitais na resistência ao estresse celular, mas o papel dessas sirtuinas no estresse inflamatório não é totalmente compreendido. O presente estudo pretende investigar o eixo SIRT1-SIRT3 empregado pela célula para responder a estímulos estressantes derivados da obesidade e do envelhecimento. O efeito das alterações SIRT1 e SIRT3 nas células T CD4 + como causa da obesidade e envelhecimento será determinado pelas técnicas de citometria de fluxo, RT-PCR e bioenergética celular para mensurar os fenótipos de células T CD4 + baseadas na produção de citocinas, expressão de fatores de transcrição e perfil metabólico. Esperamos desvendar os mecanismos por trás do papel do eixo SIRT1 / Sirt3 nas respostas mediadas por CD4 e adicionar novos dados inovadores nesse campo.