Busca avançada
Ano de início
Entree

Otimização da via de compostos aromáticos em Escherichia coli para produção de fenazinas

Processo: 19/09332-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2019
Vigência (Término): 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química
Pesquisador responsável:Adilson José da Silva
Beneficiário:Daniel Lossa Altmann
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Engenharia bioquímica   Engenharia metabólica   Metabólitos secundários   Fenazinas   Biossíntese   Compostos aromáticos   Escherichia coli

Resumo

Metabólitos secundários microbianos representam uma fonte valiosa de moléculas para aplicações biotecnológicas. Entre estas está a classe de pigmentos naturais denominada fenazina, cuja aplicação abrange áreas diversas como a produção de biopesticidas, construção de biossensores, desenvolvimento de fármacos, entre outras. A estrutura química dessas moléculas é formada por anéis aromáticos nitrogenados, e sua biossíntese ocorre a partir de corismato, o qual é o produto final da via metabólica do chiquimato. Estratégias de engenharia metabólica tem sido desenvolvida ao longo dos anos para otimizar a produção de compostos aromáticos a partir dessa via, e neste projeto propõe-se a aplicação de uma dessas abordagens para avaliar seu impacto na produção heteróloga de fenazina-1-ácido carboxílico (PCA) por células recombinantes de E. coli. Especificamente, o objetivo deste projeto é realizar a super-expressão de duas enzimas relacionadas à formação dos precursores da via metabólica em estudo, e avaliar a produção de PCA pelas células modificadas. Espera-se, com a abordagem proposta, que maiores fluxos de carbono sejam direcionados para a via de biossíntese de compostos aromáticos e, dessa forma, que seja possível favorecer a produção de PCA pelas células recombinantes.