Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação in situ da labilidade de elementos traço nas lagoas do Pantanal da Nhecolândia, MS, Brasil, utilizando a técnica DGT com camada ligante mista para a determinação simultânea de cátions e ânions

Processo: 19/07359-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Amauri Antonio Menegário
Beneficiário:Carlos Eduardo Eismann
Instituição-sede: Centro de Estudos Ambientais (CEA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/14227-5 - Mudanças climáticas e impactos ambientais em áreas alagadas (wetlands) do Pantanal (Brasil): quantificação, fatores de controle e previsão em longo prazo, AP.PFPMCG.TEM
Assunto(s):Fracionamento químico

Resumo

Na região do Pantanal da Nhecolândia são observadas diversas lagoas com características biogeoquímicas e hidrológicas diversas com destaque para um complexo sistema de lagoas salinas e alcalinas com características singulares, cujo funcionamento biogeoquímico é apenas parcialmente compreendido. A identificação e quantificação das concentrações lábeis pode fornecer informações valiosas sobre os diversos e complexos processos biogeoquímicos que influenciam a biogeodisponibilidade de determinados elementos químicos. A técnica DGT (do inglês Diffusive Gradients in Thin Films) é amplamente utilizada estudos sobre disponibilidade de elementos-traço em ambientes naturais. O presente trabalho pretende as avaliar in situ as concentrações lábeis de elementos-traço presentes nas águas de lagoas da Nhecolândia com diferentes características (lagoas de água verde, preta e cristalina) utilizando dispositivos DGT com camada ligante mista para a determinação simultânea de cátions e ânions. Serão realizados experimentos prévios com o objetivo de otimizar os métodos para que seja possível a suas aplicações de maneira efetiva nas condições desafiadoras que serão encontradas nos estudos a serem realizados in situ. A determinação e quantificação das amostras será realizada no Centro de Estudos Ambientais (CEA) da Unesp de Rio Claro utilizando Espectrometria de Massas com Plasma Acoplado Indutivamente (ICP-MS). O presente trabalho pretende complementar as pesquisas desenvolvidas nos Projetos Temático (16/14227-5) e Regular (2018/17069-7) financiados pela Fapesp.