Busca avançada
Ano de início
Entree

Perfil inflamatório na população geral: evidência dimensional transdiagnóstica no contexto do continuum das psicoses

Processo: 19/13229-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Cristina Marta Del-Ben
Beneficiário:Fabiana Maria das Graças Corsi Zuelli
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Citocinas   Inflamação   Transtornos psicóticos

Resumo

Introdução: Experiências tipo-psicóticas na população geral são mais prevalentes do que os transtornos psicóticos per se, e podem aumentar de 5 a 16 vezes o risco para a transição formal do diagnóstico. A investigação de mediadores inflamatórios em fases que antecedem a psicose pode auxiliar na busca de possíveis preditores biológicos de transição para a psicose franca; no entanto, tais estudos são inexistentes. Objetivo: Investigar mediadores plasmáticos pró- e anti-inflamatórios que representem componentes do sistema imune inato e adaptativo (IL-1², TNF-±, IL-6, IL-10, IFN-³, IL-4, TGF-²), como preditores das dimensões positiva, negativa, depressiva e total das experiências tipo-psicóticas, bem como o grau de sofrimento causado por tais experiências, em indivíduos da população geral e irmãos não afetados de pacientes diagnosticados com psicose, controlando para possíveis variáveis de confusão. Métodos: Este estudo é parte do Projeto Temático intitulado STREAM (Esquizofrenia e Outros Transtornos Psicóticos: Determinantes Sociais e Biológicos) realizado na área de cobertura do Departamento Regional de Saúde XIII (Ribeirão Preto-SP e região, Brasil), o qual integra um consórcio multicêntrico internacional conhecido como EU-GEI (European Network of National Schizophrenia Networks Studying Gene-Environment Interactions). Serão incluídos 75 irmãos de pacientes com psicose e 257 controles de base populacional, de ambos os sexos, com idade entre 16 e 64 anos, domiciliados na região de Ribeirão Preto-SP. As experiências tipo-psicóticas serão avaliadas pelo instrumento Escala de Avaliação das Experiências Psíquicas na Comunidade (CAPE) os mediadores inflamatórios pela tecnologia multiplex. A proposta auxiliará na busca de possíveis preditores biológicos de transição para a psicose franca, bem como na identificação de indivíduos vulneráveis e, portanto, na busca de novas alternativas para prevenção e tratamento mais individualizado. Proposta no exterior (BEPE): As possibilidades de pesquisa incluem o aprendizado e implementação de novos métodos e tecnologias sofisticadas em pesquisa para investigar a associação entre os mediadores inflamatórios citados e alterações na conectividade encefálica, mensurada por ressonância magnética funcional, e estimar efeitos causais. Essa estratégia será de grande valor para o entendimento da localização e participação da inflamação nas psicoses.