Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da produção e composição de vesículas extracelulares de Aspergillus fumigatus

Processo: 19/02504-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 31 de maio de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Bioquímica de Microorganismos
Pesquisador responsável:Fausto Bruno dos Reis Almeida
Beneficiário:André Moreira Pessoni
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Proteoma   Aspergillus fumigatus   Vesículas extracelulares   Micologia   Expressão gênica

Resumo

Aspergillus fumigatus é um fungo de ampla distribuição ambiental e é citado como o principal agente causador de infecções humanas em indivíduos imunocomprometidos. O sucesso da infecção depende da secreção de variadas moléculas ao espaço extracelular. Vesículas extracelulares (VEs) cruzam a parede celular para alcançar o espaço extracelular, e podem ser produzidas por diferentes organismos e tipos celulares. VEs fúngicas contém proteínas, lipídios, pigmentos, polissacarídeos, DNA e RNA. Estes componentes podem ser cruciais na fisiopatologia fúngica. Nos últimos meses, verificamos que A. fumigatus produz uma grande quantidade de VEs. Essa observação motiva a presente proposta de estudar a produção de VEs por A. fumigatus, além de determinar a composição dessas vesículas. Mais especificamente, propomo-nos a cumprir os seguintes objetivos: (1) Investigar a produção de VEs em A. fumigatus; (2) Sequenciar o RNA total do fungo e dos componentes das VEs produzidas; (3) Identificar o proteoma das vesículas obtidas. Nossa expectativa é de que a determinação da composição das VEs produzidas por A. fumigatus revele importantes moléculas que desempenham papéis cruciais na patogênese fúngica.