Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise musical e fenômenos perceptivos: estudo assistido por modelos psicoacústicos e computacionais

Processo: 19/09734-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2023
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Música
Pesquisador responsável:Jônatas Manzolli
Beneficiário:Micael Antunes da Silva
Instituição-sede: Instituto de Artes (IA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Análise musical   Psicoacústica   Música contemporânea   Modelagem computacional

Resumo

O presente projeto de pesquisa de doutorado tem como foco a análise musical a partir de descritores de áudio baseados em modelos psicoacústicos. Essa abordagem se justifica neste contexto, pois se propõe a estudar compositores que cultivaram uma aproximação com fenômenos perceptivos em seu discurso musical, como no caso de Karlheinz Stockhausen e suas concepções de Pontos, Grupos e Massas; György Ligeti e sua ideia de Timbre em Movimento, e de Iannis Xenakis e sua técnica de Música estocástica. Focamos as questões deste projeto a partir de uma descrição do contexto histórico dos compositores e dos motivadores do seu discurso musical, a partir da prática do serialismo e da experiência com a música eletrônica. A nossa hipótese analítica é que a interação de métodos composicionais das décadas 50 e 60 com essas questões, levam a uma interação criativa com o fenômeno psicoacústico. Exporemos nossa metodologia em três fases. Primeiramente realizaremos uma revisão da bibliografia, na qual focaremos nos escritos dos compositores aqui estudados, bem como no levantamento do estado da arte da área de psicoacústica e modelos computacionais analíticos. Em segundo, executaremos uma fase exploratória, mediada pelos descritores de áudio, na qual, a partir dos levantamentos musicológicos e das ferramentas computacionais, desenvolveremos uma metodologia de descrição das obras que dialoga com o contexto musical estudado. Por fim, executaremos uma fase de análise musical, na qual a metodologia de descrição gerada na segunda fase será aplicada em obras musicais e contextualizadas a partir da particularidade de cada compositor. (AU)