Busca avançada
Ano de início
Entree

Sobre transformações e posicionalidade social: nomes pessoais e nomes de guerras entre as elites do MPLA

Processo: 19/14166-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia
Pesquisador responsável:Iracema Hilário Dulley
Beneficiário:Luisa Tui Rodrigues Sampaio
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/06642-5 - Processos de constituição de sujeitos em contextos africanos: diferenciações, iterações, interseccionalidades, AP.JP
Assunto(s):Guerra civil   Colonialismo   Pós-colonialismo   Libertação de escravos   Angola

Resumo

O projeto de pesquisa de mestrado propõe uma análise sobre os nomes entre populações africanas de Luanda e arredores, se voltando especialmente para as elites familiares relacionadas ao MPLA (Movimento Popular de Libertação de Angola). Tendo como preocupação central as transformações nessas formas de nomeação, a discussão proposta pauta tanto o período colonial, quanto o pós colonial, sendo este último delimitado na análise como o contexto da guerra civil angolana, que ocorreu entre os anos de 1975 e 2002. Serão entendidos na onomástica da região de Luanda os fatores que a permeiam, influenciam e modificam. Dessa forma, pretende-se olhar junto com as formas vernáculas de atribuir nomes próprios e a imbricação desta com a antroponímia lusófona, as "continuidades e descontinuidades" no processo histórico, como sugerido por Anne McClintock (2010). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)