Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da super-expressão do miR-195 na carga de microRNAs presentes em vesículas extracelulares secretadas por células de melanoma humano e na regulação da sensibilidade ao tratamento alvo-dirigido via transferência horizontal de informação

Processo: 19/07278-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 31 de março de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Roger Chammas
Beneficiário:Nathalia Leal Santos
Instituição-sede: Instituto do Câncer do Estado de São Paulo Octavio Frias de Oliveira (ICESP). Coordenadoria de Serviços de Saúde (CSS). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Oncologia   Neoplasias cutâneas   Melanoma   Vesículas extracelulares   MicroRNAs   Reparo gênico alvo-dirigido

Resumo

O melanoma é considerado a forma mais agressiva do câncer de pele. Cerca de 60% dos pacientes apresentam mutação no gene BRAF, a qual resulta na ativação constitutiva da via MAPK, responsável pelo crescimento e proliferação celular. Estudos recentes mostram que o tratamento alvo-dirigido com inibidor da proteína BRAF (vemurafenibe) em conjunto com inibidor da proteína MEK (cobimetibine) é o que apresenta melhores resultados para pacientes em estágio avançado. Vesículas Extracelulares (VEs) são partículas nanométricas que atuam na comunicação intercelular por meio da transferência horizontal de moléculas bioativas. Os microRNAs são pequenos RNAs não codificadores, capazes de regular a expressão gênica ao nível pós-transcricional. A transferência de microRNAs via VEs desempenha funções importantes na reprogramação fenotípica relacionada ao processo de tumorigênese. Dentre os microRNAs relevantes para a progressão do melanoma, encontra-se o miR-195, o qual atua como fator anti-proliferativo, tendo sua expressão diminuída em relação aos melanócitos. Em um estudo piloto observamos que a super-expressão do miR-195 na linhagem de melanoma metastático SKMel05 aumenta a quantidade de VEs secretadas e que estas inibem a viabilidade de células naive. Diante do exposto, o objetivo deste projeto é estudar o efeito destas VEs na sensibilidade ao tratamento alvo-dirigido, assim como analisar a relação deste efeito á carga de microRNAs presente nestas. Ainda, pretende-se avaliar se a indução da re-expressão de miR-195 nessas células representa uma nova estratégia terapêutica para o tratamento do melanoma. (AU)