Busca avançada
Ano de início
Entree

Nanopartículas como sistema carreador de herbicidas aplicados em pré-emergência em solos oriundos de sistema de plantio direto e convencional

Processo: 19/04758-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2023
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Valdemar Luiz Tornisielo
Beneficiário:Vanessa Takeshita
Instituição-sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Nanotecnologia   Herbicidas   Controle químico   Plantio   Controle de plantas daninhas

Resumo

Os herbicidas são a classe de pesticidas mais amplamente utilizados no Brasil. Sem a utilização destes produtos reduções na produtividade agrícola podem chegar a 40%. Além do que, estes compostos são os mais relatados fora das áreas de aplicação, como contaminantes ambientais. Se aplicados no solo os herbicidas estão mais expostos aos processos de dissipação no ambiente, muitas vezes chegando a águas subterrâneas e superficiais ou permanecerem por muito tempo persistentes no ambiente, bem como podendo ter sua eficiência no manejo de plantas daninhas reduzido. Nesta premissa, o desenvolvimento de tecnologias que reduzam os riscos e aumentem a eficiência dos herbicidas vêm de encontro com as necessidades atuais da agricultura, de maior otimização dos processos e racionalização dos recursos. Por conseguinte, o presente projeto de doutorado visa o desenvolvimento de um sistema de nanopartículas preparadas com materiais biodegradáveis que permita a redução da do risco ambiental do metribuzin e indaziflam, sem que a eficiência destes seja reduzida e sua persistência aumente no ambiente. Ainda, busca-se a compreensão a respeito das possíveis mudanças no comportamento no solo dos herbicidas encapsulados e na eficiência de controle, em tipos de solos distintos (oriundos de sistema de plantio direto e convencional). Os estudos consistirão em uma etapa de formulação, caracterização e escolha do melhor sistema de nanopartículas para os herbicidas e, uma etapa onde será observado o comportamento dos produtos no solo, por meio de estudos de lixiviação, sorção-dessorção e biodegradação. Além disso, estudos de eficácia de controle e absorção pela raiz serão realizados. Na segunda etapa, todos os estudos envolverão o uso de técnicas radiométricas, como ferramenta importante no diagnóstico do comportamento dos herbicidas encapsulados. De maneira que, seja possível obter nanopartículas estáveis, ou seja, com boas propriedades físico-químicas e com potencialidades para o manejo de plantas daninhas. Bem como, contribuir com estudos que visam o uso da nanotecnologia na agricultura para uma melhor compreensão da dinâmica destes nanocarreadores no solo e no controle de plantas daninhas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TAKESHITA, VANESSA; DE SOUSA, BRUNO TEIXEIRA; PREISLER, ANA CRISTINA; CARVALHO, LUCAS BRAGANCA; SANTO PEREIRA, ANDERSON DO ESPIRITO; TORNISIELO, VALDEMAR LUIZ; DALAZEN, GILIARDI; OLIVEIRA, HALLEY CAIXETA; FRACETO, LEONARDO FERNANDES. Foliar absorption and field herbicidal studies of atrazine-loaded polymeric nanoparticles. JOURNAL OF HAZARDOUS MATERIALS, v. 418, SEP 15 2021. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.