Busca avançada
Ano de início
Entree

Qualidade da matéria orgânica e carbono no solo em cultivo de milho com forrageiras em função da adubação nitrogenada

Processo: 19/09561-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2019
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Ciro Antonio Rosolem
Beneficiário:Laudelino Vieira da Mota Neto
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Fitotecnia   Gramíneas   Sequestro de carbono   Fertilizantes nitrogenados

Resumo

A adubação nitrogenada no consórcio entre forrageiras e milho podem modificar a composição química e a quantidade dos resíduos vegetais e, em consequência, o estoque de carbono (C), a estrutura e labilidade das frações da matéria orgânica do solo (MOS). O objetivo desse trabalho será de avaliar o efeito do suprimento de nitrogênio (N) durante cinco anos no consórcio entre milho e forrageiras na quantidade e qualidade dos resíduos vegetais, no aporte de C e N, no estoque de carbono orgânico total e no grau de humificação da matéria orgânica do solo. A pesquisa será realizada em uma área conduzida em semeadura direta por cinco anos e cultivada em sistema de consórcio entre forrageiras e milho. Os tratamentos são: três espécies de gramíneas forrageiras (U. ruziziensis, U. brizantha e P. maximum) e quatro doses de N (0, 90, 180 e 270 kg ha-1) aplicadas na cultura do milho. A densidade do solo e os teores de C e N totais serão determinados para cálculo do estoque de carbono e nitrogênio e da relação C/N do solo nas camadas de 0-0,1, 0,1-0,2 e 0,2-0,4 m. Serão determinados os carboidratos estruturais (celulose, hemicelulose e lignina) da palha. Será estimado o aporte de carbono pelas forrageiras e milho, a conversão de C dos resíduos em C estocado no solo e a evolução das frações da matéria orgânica do solo. A evolução da qualidade da MOS pelas frações resultantes do fracionamento físico e químico, o índice de humificação e o índice de labilidade (COT/COP) serão estudados em relação ao efeito da aplicação de N no sistema de consórcio, a qualidade de palha e aporte de carbono no sistema. A produtividade do milho em consórcio será avaliada e correlacionada com o estoque de carbono e qualidade da MOS. O C acumulado e o estoque de carbono do solo serão aplicados em modelo matemático objetivando explicar a taxa de conversão do C dos resíduos em carbono estocado no solo e a possível variação dos estoques de C no solo em resposta aos tratamentos estudados. Os dados obtidos serão submetidos à análise de variância pelo teste F p<0,05 e apresentando significância serão submetidos ao teste t a p<0,05.