Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da eficácia da DNase associada a terapia fotodinâmica na inativação de biofilmes de isolados clínicos de Candida Albicans resistente a fluconazol

Processo: 19/11602-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2019
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Ana Cláudia Pavarina
Beneficiário:César Augusto Abreu Pereira
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07276-1 - CEPOF - Centro de Pesquisa em Óptica e Fotônica, AP.CEPID
Assunto(s):Reabilitação bucal   Terapia fotodinâmica   Candida albicans

Resumo

Estudos tem demonstrado que a terapia fotodinâmica antimicrobiana (aPDT) promove completa inativação dos microrganismos em suspensão, entretanto, a completa inativação dos mesmos organizados em biofilmes ainda não foi observada. A resistência dos biofilmes de Candida spp. é multifatorial e tem sido associada a fatores como o efeito protetor da matriz extracelular do biofilme (MEC) realizado pelas ²glucanas, que se ligam ao fluconazol e à anfotericina B, impedindo a penetração das drogas no biofilme. A MEC do biofilme também dificulta a penetração do agente fotossensibilizador e de outras drogas. Outro aspecto importante é que as espécies de Candida resistentes ao fluconazol também têm sem mostrado mais resistentes à aPDT. Com base nessas considerações, esse estudo tem como objetivo avaliar a eficácia da associação da enzima DNase à terapia fotodinâmica antimicrobiana, mediada pelo Photoditazine associada a luz LED, sobre biofilmes de isolados clínicos de Candida albicans resistentes ao fluconazol. Serão formados biofilmes de cepas de C. albicans resistentes [ATCC 96901, e dois isolados clínicos (R10 e R15)]. Após 48 horas os mesmos serão tratados com DNase e, a seguir, submetidos aPDT mediada pelo fotossensibilizador Photodithazine® associado a luz LED. Os seguintes métodos serão utilizados para avaliar a eficácia dos tratamentos: contagem de colônias, análise do peso seco, quantificação de proteínas pelo método de Bradford, análise de polissacarídeos solúveis em água (WSP), análise de polissacarídeos solúveis em álcali (ASP) e análise de eDNA. Além disso, a estrutura dos biofilmes será avaliada através de Microscopia Confocal a Laser. Os dados obtidos serão submetidos às análises estatísticas mais adequadas para cada condição experimental.