Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de determinantes de mobilização de genes que conferem resistência a cefalosporinas de terceira geração em Escherichia coli

Processo: 19/16003-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Tiago Casella
Beneficiário:Marlon do Valle Barroso
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São José do Rio Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/02691-4 - Resistência a beta-lactâmicos em Escherichia coli isoladas de carnes e fezes de ovinos destinados ao corte, AP.R
Assunto(s):Ovinos   Escherichia coli

Resumo

A resistência às cefalosporinas de terceira geração (3GC) é um grande problema de saúde pública, pois são um dos antimicrobianos mais utilizados no tratamento de infecções. Estudos relatam a transmissão de bactérias e genes de resistência presentes em alimentos para o ser humano via manipulação ou consumo. A pesquisa sobre a resistência em bactérias isoladas de ovinos é um campo ainda negligenciado no Brasil pelo fato de o rebanho não ser significativamente grande. Apesar disso, o consumo interno da carne de cordeiro tem crescido no país. Portanto, conhecer os determinantes de mobilização de genes de resistência 3GC carreados por bactérias isoladas da cadeia de produção de carnes é imprescindível. Para isso, serão comparadas as plataformas genéticas de mobilização de variantes dos genes blaCTX-M ou blaCMY detectados em E. coli recuperadas a partir de fezes de cordeiros destinados ao corte e de amostras de carne de cordeiro vendidas no varejo de São José do Rio Preto - SP. Dessa forma, E. coli já isoladas a partir de amostras de carne de cordeiro (26 isolados), de fezes de ovinos destinados ao corte (99 isolados) e de carcaça destes mesmos ovinos (6 isolados), todos apresentando blaCTX-M ou blaCMY, serão submetidos à caracterização molecular dos respectivos ambientes genéticos. Adicionalmente, os isolados serão também comparados pela técnica de MLST. Os dados preliminares indicam o papel fundamental de plasmídeos e, principalmente, de linhagens de E. coli específicas na disseminação dos genes de resistência a 3GC na cadeia de produção da carne de cordeiro.