Busca avançada
Ano de início
Entree

Bromatologia e perfil fermentativo de silagem de ração total para vacas em lactação

Processo: 19/14774-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2019
Vigência (Término): 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Pesquisador responsável:Leandro Coelho de Araujo
Beneficiário:Mykael Bichofi do Prado
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ilha Solteira. Ilha Solteira , SP, Brasil
Assunto(s):Bromatologia   Lactação animal   Silagem   Vacas leiteiras   Valor nutritivo   Panicum maximum   Delineamento experimental   Análise de regressão

Resumo

O experimento será em delineamento inteiramente casualizados com esquema em fatorial triplo 2x2 e 4 repetições. Os fatores corresponderão a (I) duas estratégias de mistura do volumoso com o concentrado, representadas pela SRT e RT; e (II) duas condições para a colheita do capim Mombaça; quando o mesmo alcançar 70 e 130 cm de altura em relação ao solo, após a desfolha. A composição das misturas foi formulada para tender as exigências de vacas em lactação com produção média de 15 L de leite, sendo isonitrogenadas (17,8% PB) e com 50% da MS na forma de volumoso (capim). Os tratamentos corresponderão a, SRT_70: silagem de ração total composta por capim Mombaça colhido com 70 cm de altura + 50% de concentrado (ensilado tudo junto); SRT_130: silagem de ração total composta por capim Mombaça colhido com 130 cm de altura + 50% de concentrado (ensilado tudo junto); RT_70: ração total composta pela mistura entre a silagem de capim Mombaça colhido com 70 cm de altura + 13,7% de polpa cítrica na MS (8% na matéria natural) e 36,3% de concentrado (misturado após a silagem pronta) e, RT_130: ração total composta pela mistura entra a silagem de capim Mombaça colhido com 130 cm de altura + 13,7% de polpa cítrica na MS (8% na matéria natural) e 36,3% de concentrado (misturado após a silagem pronta). Serão avaliadas nas silagens as perdas de MS, o pH, AGCC e N-amoniacal, PB, FDN, FDA, lignina, DIVMO, capacidade de fermentação, Ca e P. As análises estatísticas serão por meio do programa estatístico SAS, aplicando o teste de Tukey, desdobramento de análises e análises de regressão a 5% de significância.