Busca avançada
Ano de início
Entree

Diretrizes projetivas para mobiliários urbanos em cidades médias paulistas: valores imateriais e inovação

Processo: 19/09980-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2019
Vigência (Término): 30 de abril de 2021
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Desenho Industrial - Desenho de Produto
Pesquisador responsável:Tomas Queiroz Ferreira Barata
Beneficiário:Bruno Vinícius da Palma Novaes
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação (FAAC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Cidades médias   Mobiliário urbano

Resumo

O presente trabalho propõe o estudo das experiências afetivas relacionadas à interação entre mobiliários urbanos e seus usuários, considerando as complexidades do processo projetivo do design contemporâneo. O objetivo desta pesquisa é gerar diretrizes inovadoras ao projeto de mobiliários urbanos - com ênfase naqueles destinados ao descanso e lazer - através da sistematização dos valores imateriais experimentados pelos usuários durante a interação humano-objeto. Trata-se de uma pesquisa de raciocínio dedutivo e caráter experimental, cuja metodologia se estrutura a partir da coleta de dados por amostragens, visando a análise comparativa de mobiliários urbanos em parques públicos de cidades médias paulistas. Tais estudos originam-se na premissa de que experiências afetivas de uso são moldadas pelos valores dos usuários em face das características dos artefatos. Como resultado final a pesquisa propõe estabelecer diretrizes projetivas inovadoras que auxiliem o desenvolvimento de mobiliários urbanos estruturados a partir de atributos intangíveis e imateriais dos bens de produção industrial.