Busca avançada
Ano de início
Entree

Regionalização no contexto brasileiro de modelos de Avaliação de Impacto do Ciclo de Vida para a categoria de formação de material particulado

Processo: 19/03287-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2019
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Diogo Aparecido Lopes Silva
Beneficiário:Gabriela Giusti
Instituição-sede: Centro de Ciências e Tecnologias para a Sustentabilidade (CCTS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Sorocaba , SP, Brasil
Assunto(s):Gestão do ciclo de vida   Material particulado   Impactos ambientais   Poluição atmosférica   Regionalização

Resumo

Em estudos de Avaliação do Ciclo de Vida (ACV), a etapa de Avaliação de Impacto do Ciclo de Vida (AICV) é utilizada para se compreender e se avaliar a magnitude e a significância dos potenciais impactos ambientais gerados por um sistema de um produto, por meio do emprego de modelos matemáticos desenvolvidos para converter os dados do inventário do ciclo de vida do produto em impactos potenciais de seu ciclo de vida. Uma das categorias que a AICV estuda é a de formação de material particulado, que se refere a formação de um conjunto de partículas poluentes em suspensão na atmosfera. Para cada categoria de impacto avaliada pela AICV, estão disponíveis diversos modelos de caracterização. Porém, estes não são adaptados à realidade brasileira, por terem sido desenvolvidos na Europa, Estados Unidos e Japão, principalmente. Desta forma, o objetivo deste projeto de pesquisa é propor a adaptação de modelos de caracterização de AICV para a categoria de formação de material particulado no contexto brasileiro. A metodologia do presente projeto consistirá em realizar uma revisão bibliográfica no intuito de identificar os modelos de AICV para esta categoria; em seguida, selecionar o modelo mais adequado para a realidade brasileira com base em critérios pré-definidos; regionalizar o modelo selecionado, identificando os dados demandados e buscando-os em fontes nacionais confiáveis; e por fim, analisar as incertezas do modelo regionalizado, aplicando a regionalização a um estudo de caso no Brasil. Espera-se com este projeto, ajudar a desenvolver a AICV no Brasil, tendo como principal resultado a regionalização do modelo mais adequado para a categoria de formação de material particulado, melhorando os resultados de AICV desta categoria de impacto em estudos de ACV nacionais, obtendo valores mais próximos da realidade. Com a regionalização, espera-se determinar fatores de caracterização para diferentes locais no território nacional e, com os resultados da análise de incertezas espera-se confirmar os intervalos de confiança da utilização dos fatores determinados. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)