Busca avançada
Ano de início
Entree

Acessibilidade em sistemas sócio-enativos

Processo: 19/12225-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Metodologia e Técnicas da Computação
Pesquisador responsável:Maria Cecilia Calani Baranauskas
Beneficiário:Diego Addan Gonçalves
Instituição-sede: Instituto de Computação (IC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/16528-0 - Sistemas sócio-enativos: investigando novas dimensões no design da interação mediada por tecnologias de informação e comunicação, AP.TEM
Assunto(s):Interação homem-máquina   Acessibilidade   Design de interação   Pessoas com deficiência   Deficiência auditiva

Resumo

Acessibilidade é um conceito central para possibilitar que pessoas com diferentes tipos de limitação possam perceber, entender, navegar, interagir e contribuir em sistemas de informação. Pessoas com deficiência são geralmente fragilizadas, ou mesmo impossibilitadas de utilizar sistemas computacionais em sua plenitude devido a barreiras existentes nesses sistemas. O contexto de sistemas sócio-enativos representa um cenário totalmente novo e extremamente complexo para tratar acessibilidade pelo fato de envolver uma multiplicidade de dispositivos e sentidos, combinados em situações dinâmicas de uso e efeitos desse uso em uma dimensão individual e social. Por exemplo, o cenário 1 descrito no projeto temático, relativo a mesa musical, ilustra o caso de um aluno surdo, na qual a solução do sistema deve contemplar meios para incluir esse aluno e possibilitar que ele experimente e interaja com o sistema por meio de mídias alternativas que explorem seus diferentes sentidos. Uma questão chave consiste em possibilitar a interação acessível com sistemas incluindo novas modalidades de interação (interfaces tangíveis, vestíveis e naturais) em contextos de grandes diversidades de pessoas. Tal questão requer investigações aprofundadas e contribuições conceituais, experimentais e práticas. Enquanto o conceito e técnicas para projetar sistemas mais acessíveis têm sido amplamente estudados no contexto de sistemas web que fazem uso de recursos mais simples, pesquisas são menos desenvolvidas em cenários complexos que vinculam dinamicamente processos humanos e tecnológicos. Nosso objetivo é conduzir uma investigação detalhada propondo uma abordagem sistêmica para fomentar a acessibilidade em sistemas sócio-enativos. Em nossa metodologia, propomos primeiramente a participação efetiva de usuários em experimentos para analisar diversos aspectos relacionados com acessibilidade no uso de sistemas sócio-enativos. Examinaremos os limites das recomendações tradicionais de acessibilidade nesse contexto. Em um segundo momento, propõe-se definir um conjunto de recomendações originais embasando novas técnicas e métodos que guiam a aplicação das recomendações no projeto de mecanismos interativos acessíveis em sistemas sócio-enativos. Visamos estudar diversos aspectos sobre como integrar diversas mídias como um meio de possibilitar a acessibilidade e os efeitos do uso delas. Este plano propõe realizar validações experimentais para avaliar os métodos desenvolvidos e protótipos implementados em cenários de aplicações práticas em sistemas sócio-enativos. Espera-se assim alcançar resultados científicos e tecnológicos relevantes que incluem o avanço no conhecimento sobre o problema, novas recomendações, técnicas, métodos e mecanismos computacionais que possibilitarão a interação de usuários levando em consideração suas diferenças, removendo assim as barreiras no uso destes sistemas por pessoas com deficiência. Resultados alcançados serão disseminados em periódicos e eventos científicos qualificados. (AU)