Busca avançada
Ano de início
Entree

Apoio a quantificação e monitoramento da produção de fitomassa da cana-de-açúcar em cenários de intensificação do cultivo

Processo: 19/15741-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de setembro de 2019
Vigência (Término): 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Maurício Roberto Cherubin
Beneficiário:Daniel Aquino de Borba
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/09845-7 - Implicações da expansão e intensificação do cultivo da cana-de-açúcar nos serviços ecossistêmicos do solo, AP.R
Assunto(s):Produtividade   Bioenergia   Manejo do solo   Biometria

Resumo

A produção de fitomassa é um parâmetro chave dentro de um sistema de avaliação de serviços ecossistêmicos do solo, visto que refere-se diretamente a provisão de provisão de alimento, energia e combustível. Desta forma, o objetivo deste treinamento técnico será apoiar à quantificação do acúmulo (produção) de fitomassa da cana-de-açúcar em cenários de intensificação do cultivo, com remoção dos resíduos culturais (palha) visando aumento na produção de bioenergia. Os tratamentos avaliados serão constituídos por diferentes quantidades de palha de cana-de-açúcar deixada na superfície do solo, simulando taxas de remoção de palha (i.e., 0, 50 e 100% de remoção da palha). A quantificação da produção de fitomassa será realizada por meio de avaliações biométricas no final do ciclo anual da cultura. A planta será separada em colmos, folhas secas e folhas verdes, visando determinar o acúmulo de fitomassa em cada um desses compartimentos. Além disso, parâmetros tecnológicos serão analisados. Esses dados possibilitarão quantificar a provisão de matéria primas (colmo, bagaço e palha) para a produção de açúcar, etanol (primeira e segunda geração) e bioeletricidade nos diferentes cenários avaliados. Os resultados serão utilizados para avaliar os serviços ecossistêmicos do solo de provisão proveniente da intensificação do sistema de produção.