Busca avançada
Ano de início
Entree

Métodos modernos para amplitudes de espalhamento em campo (teorias de gauge e gravidade) e teoria de cordas

Processo: 19/07286-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2019
Vigência (Término): 30 de setembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física das Partículas Elementares e Campos
Pesquisador responsável:Nathan Jacob Berkovits
Beneficiário:Diego Medrano Jiménez
Instituição-sede: Instituto de Física Teórica (IFT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/01343-7 - ICTP Instituto Sul-Americano para Física Fundamental: um centro regional para física teórica, AP.TEM
Assunto(s):Teoria das cordas

Resumo

Minha pesquisa é realizada dentro da área de amplitudes de espalhamento, com foco em particular no estudo de teoria de gauge e gravidade no contexto do formalismo Cachazo-He-Yuan (CHY). Nesse contexto, as equações de espalhamento tornam-se objetos cruciais independentes da teoria de interesse, embora uma descrição analítica completa para suas soluções ainda não exista. Portanto, seria útil investigar as estruturas dessas soluções, revelando uma possível hierarquia e correspondência para os diferentes setores de helicidade. As variáveis de Sudakov parecem ser uma parametrização útil para isso, além de fornecer o formalismo com uma nova interpretação geométrica dos pontos correspondentes. Além disso, essas variáveis seguem um caminho natural para o estudo das propriedades de fatoração das amplitudes de gauge e gravidade na cinemática Multi-Regge (MRK).Além disso, tenho estudado a conexão entre comportamento suave e simetrias assintóticas de uma teoria. Vários progressos foram alcançados para QED e perturbação na gravidade em ordem de construir uma matriz S bem definida com IR finita, visto que as teorias de gauge não-abelianas não possuem uma maneira sistemática para tratar do assunto. Encontrar os estados apropriados e a definição das cargas assintóticas permitiria a resolução do problema la Faddeev & Kulish. Estou trabalhando no assunto com colegas da Trinity College de Dublin.Além disso, como possível continuação da minha tese, zeros da radiação planar são uma característica das amplitudes de espalhamento que podem permitir a extração da informação sobre o comportamento assintótico de uma teoria particular quando caracterizada dentro de algum espaço projetor das variáveis cinemáticas. Já estudadas no Yang-Mills escalar e na gravidade de Einstein-Hilbert para amplitudes MHV de três níveis, seria interessante generalizar os resultados obtidos no nível do loop e para os setores remanescentes da helicidade N(k)MHV.Finalmente, começarei a trabalhar no campo de amplitudes de espalhamento do ponto de vista da integrabilidade, onde a matriz S torna-se um dos objetos mais fundamentais nas teorias quânticas integráveis.