Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do efeito do filme DLC na resistência a corrosão e desgaste da liga Al 7050-T7451

Processo: 19/12192-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2019
Vigência (Término): 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Metalurgia de Transformação
Pesquisador responsável:Luciana Sgarbi Rossino
Beneficiário:César Augusto Antônio Júnior
Instituição-sede: Faculdade de Tecnologia de Sorocaba (FATEC Sorocaba). Centro Paula Souza (CEETEPS). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). Sorocaba , SP, Brasil
Assunto(s):Ligas de alumínio   Filmes finos de carbono tipo diamante (DLC)   Dureza   Desgaste dos materiais   Deposição de filmes finos

Resumo

As ligas de alumínio são a base na fabricação de estruturas de aeronaves devido apresentarem propriedades interessantes como baixa densidade, resistência mecânica adequada quando submetidas a tratamento de envelhecimento e alta ductilidade. Porém, sua baixa dureza pode comprometer a resistência ao desgaste, enquanto os precipitados produzidos no tratamento de envelhecimento podem influenciar na resistência á corrosão do material. Filmes DLC têm sido o foco de muitas pesquisas atuais devido às suas propriedades como inércia química, baixo coeficiente de atrito, alta dureza e propriedades ópticas interessantes. Estes filmes apresentam, por exemplo, altíssima resistência ao desgaste. Porém, defeitos de crescimento do filme DLC podem prejudicar a resistência à corrosão e fadiga do material tratado. Assim, o objetivo deste trabalho é estudar os parâmetros de deposição do filme DLC a fim de desenvolver um filme com o mínimo de defeitos possíveis e determinar a influência deste tratamento de superfície na resistência á corrosão e microdesgaste abrasivo na liga Al7050-T7451. O material com e sem tratamento será caracterizado por metalografia, dureza, perfilometria, FTIR e espectrometria Raman. Ensaios de corrosão potenciodinâmicas e microdesgaste abrasivo por esfera fixa serão realizados nos materiais base e nos materiais tratados. Assim, será possível determinar se este tratamento pode ser uma alternativa para melhorar as propriedades superficiais da liga estudada.