Busca avançada
Ano de início
Entree

O combate à superstição nas terras de Castela: a obra de D. Lope de Barrientos

Processo: 19/18585-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2019
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História Antiga e Medieval
Pesquisador responsável:Leandro Alves Teodoro
Beneficiário:Rodrigo Narciso da Silva
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/11111-9 - O ensino da fé cristã na Península Ibérica (sécs. XIV e XV), AP.JP
Assunto(s):Missionários   Expedições   Catequese   Superstição   Banco de dados

Resumo

Partindo das reflexões condutoras da linha de pesquisa do Jovem Pesquisador "O ensino da fé cristã na Península Ibérica" (Processo 2017/11111-9)", o bolsista de iniciação científica buscará analisar a ação missionária de D. Lope de Barrientos (1382-1469), um célebre bispo castelhano, que se destacou por combater práticas heréticas e promover a formação de base dos fiéis. Examinando dois tratados desse prelado, o Livro sinodal - compilado de uma obra de mesmo nome escrita pelo bispo de Léon, D. Gonzalo de Alba - e o livro El tractado de la divinança, de autoria do próprio D. Lope de Barrientos, o aluno deverá examinar em que medida essa autoridade eclesiástica ajudou a enraizar a política pastoral da Igreja hispânica no século XV.