Busca avançada
Ano de início
Entree

Tentativas de identificação de hospedeiros fontes de inóculo do Tomato Severe Rugose Virus através de sequências parciais do genoma viral

Processo: 19/16248-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2019
Vigência (Término): 31 de agosto de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Jorge Alberto Marques Rezende
Beneficiário:Camila Geovana Ferro
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/18274-3 - Begomovirus e crinivirus em solanáceas: epidemiologia molecular regional e alternativas sustentáveis de manejo integrado, AP.TEM
Assunto(s):Bemisia tabaci   Epidemiologia   Solanum lycopersicum   Begomovirus

Resumo

No Brasil, begomoviroses são consideradas os principais problemas fitossanitários de origem viral na cultura do tomateiro. Diversos Begomovirus podem infectar o tomateiro no Brasil. No entanto, o Tomato severe rugose virus (ToSRV) é o predominante, transmitido pelo aleirodídeo Bemisia tabaci MEAM1 (biótipo B) de maneira persistente circulativa. Além do tomateiro esse begomovirus infecta plantas de outras solanáceas e de espécies daninhas. A questão que permanece sem resposta é qual a principal fonte de inóculo de ToSRV no campo. O modelo conceitual que está sendo aplicado neste projeto temático é a existência de hospedeiros amplificadores. Este modelo já é reconhecido no estudo de epidemias de zoonoses, porém nunca foi aplicado ao estudo de doenças de plantas. A hipótese é que na ausência de tomateiro no campo, hospedeiros assintomáticos de ToSRV e do vetor funcionariam como amplificadores da doença. Assim, o principal objetivo desse sub-projeto será, através da utilização de novas ferramentas da biologia molecular tentar identificar possível(is) fonte(s) de inóculo do ToSRV no campo e propor alternativas sustentáveis para o manejo não só da begomovirose, mas de outras doenças transmitidas por vetores.