Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação econômica no tratamento de pacientes com fibromialgia

Processo: 19/13744-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 22 de outubro de 2019
Vigência (Término): 21 de abril de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Cristina Maria Nunes Cabral
Beneficiário:Cristina Maria Nunes Cabral
Anfitrião: Judith Bosmans
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão. Universidade Cidade de São Paulo (UNICID). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University Amsterdam (VU), Holanda  
Assunto(s):Avaliação econômica   Revisão sistemática   Fibromialgia

Resumo

A fibromialgia é uma desordem reumatológica frequente em todo mundo que gera grande impacto econômico. Estudos de avaliação econômica são necessários para descrever os custos envolvidos no diagnóstico e tratamento da fibromialgia e para identificar tratamentos custo-efetivos, especialmente em países em desenvolvimento. O objetivo deste estudo é gerar evidência sobre as consequências econômicas da fibromialgia. Para atingir esse objetivo, dois estudos serão realizados. O primeiro estudo irá estimar os custos de cuidados com o tratamento da fibromialgia no Brasil. O código relacionado à fibromialgia M79.7 da Classificação Internacional de Doenças será usado para identificar os custos de atendimento ambulatorial e de internação. Os dados serão analisados descritivamente e análises de subgrupos por gênero e idade serão realizadas. Os custos serão apresentados na moeda correspondente à revista em que o artigo for publicado (dólar, euro ou libra). O segundo estudo será uma revisão sistemática de avaliações econômicas de tratamentos não farmacológicos para a fibromialgia. Uma busca será conduzida nas bases de dados EMBASE, CINAHL, Cochrane Central Register of Controlled Trials, PEDro, EconLit, NHSEED e HTA para identificar avaliações econômicas realizadas em estudos de modelagem e ensaios controlados aleatorizados. O desfecho primário será o custo incremental por anos de vida ajustados pela qualidade (QALY). Dois revisores independentes realizarão a seleção dos estudos considerando título, resumo e artigo completo, extração dos dados em uma planilha própria, e avaliação do risco de viés. Um desacordo entre os revisores será resolvido primeiro por discussão, e caso o desacordo persista, um terceiro revisor arbitrará a decisão. Para a síntese dos dados, as diferenças em custos e efeitos serão agrupadas, se possível, e as razões de custo-efetividade serão apresentadas descritivamente.