Busca avançada
Ano de início
Entree

Morfologia e desenvolvimento floral de Biebersteiniaceae: implicações para a evolução floral e diversificação de Sapindales

Processo: 19/10636-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2019
Vigência (Término): 23 de novembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Morfologia Vegetal
Pesquisador responsável:Diego Demarco
Beneficiário:Elisabeth Emília Augusta Dantas Tölke
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/18002-2 - Sapindales: filogenia e diversificação na região neotropical, AP.TEM
Auxílio(s) vinculado(s):21/12303-4 - Padrões secretores em coléteres de Apocynaceae, PUB.ART
Assunto(s):Anatomia vegetal

Resumo

Sapindales é uma das principais ordens das Malvídeas, conhecida por possuir famílias de grande importância econômica, como Anacardiaceae e Rutaceae. As espécies de Sapindales estão amplamente distribuídas ocupando os mais diversos tipos de ambientes. Entre as famílais da ordem observa-se uma grande diversidade morfológica floral e pouco ainda se sabe sobre o desenvolvimento e a evolução floral de Sapindales. Este projeto, portanto, visa preencher algumas lacunas em relação à estas questões e encontra-se divido em duas grandes partes: (I) a primeira tem por objetivo estudar a estrutura e o desenvolvimento floral em Biebersteinia (Biebersteiniaceae), um gênero que foi recentemente revelado como constituindo a família-irmã de todos os outros membros de Sapindales, sendo portanto crucial para reconstruir as flores do ancestral comum da ordem; (II) a segunda parte tem por objetivo unir os estudos morfológicos e moleculares disponíveis para os representantes da ordem, a fim de realizar estudos macroevolutivos. Pretende-se, portanto, realizar reconstruções morfológicas em filogenias, a fim de ser estudar a evolução do gineceu e do androceu nas diversas famílias de Sapindales, bem como entender o papel que estas variações morfológicas possuem na diversificação de grandes famílias como Anacardiaceae, Meliaceae, Rutaceae e Sapindaceae.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ALVES DE LIMA, ELIMAR; DANTAS TOLKE, ELISABETH; LUIZA DA SILVA-LUZ, CINTIA; DEMARCO, DIEGO; MARIA CARMELLO-GUERREIRO, SANDRA. ruit morphoanatomy of Astronium Jacq. and Myracrodruon Allemao (Anacardiaceae): taxonomic implications and development of the calycinal wing. Rev. bras. Bot., . (19/10636-6, 14/18002-2)
TOLKE, ELISABETH DANTAS; MEDINA, MARIA CAMILA; SOUTO, AUGUSTO LOPES; RODRIGUES MARQUES, JOAO PAULO; NOGUEIRA ALVES, GISELE GOMES; GAMA, REBECA LAINO; PIRANI, JOSE RUBENS; DEMARCO, DIEGO. Diversity and evolution of secretory structures in Sapindales. Rev. bras. Bot., . (14/18002-2, 17/23882-0, 19/10636-6)
TOLKE, E. D.; LACCHIA, A. P. S.; LIMA, E. A.; DEMARCO, D.; ASCENSAO, L.; CARMELLO-GUERREIRO, S. M.. Secretory ducts in Anacardiaceae revisited: Updated concepts and new findings based on histochemical evidence. SOUTH AFRICAN JOURNAL OF BOTANY, v. 138, p. 394-405, . (19/10636-6, 96/12345-5, 03/13556-5, 14/18002-2, 01/12178-1)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.