Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de mecanismos subcelulares de processos redox e tensionais em células musculares lisas vasculares (VSMC) em modelo de fluxo sanguíneo pró-aterogênico

Processo: 19/09829-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2019
Vigência (Término): 31 de maio de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Leonardo Yuji Tanaka
Beneficiário:Jaime Matheus da Silva
Instituição-sede: Instituto do Coração Professor Euryclides de Jesus Zerbini (INCOR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/07230-5 - Mecanismos subcelulares envolvidos na convergência entre homeostase mecânica e redox na regulação vascular, AP.JP
Assunto(s):Fluxo sanguíneo   Citoesqueleto   Cardiologia   Aterosclerose   Função endotelial

Resumo

As doenças cardiovasculares estão entre as principais causa de morte no mundo. A aterosclerose têm grande relevância pois é a principal patologia cardiovascular inflamatória que perturba o fluxo e, juntamente à fatores de risco, aumentam as chances de complicações mais severas ao paciente, levando ao óbito. Ainda que bem descrita, faltam estudos sobre o processo aterosclerótico principalmente no que tange o remodelamento vascular induzido pelo fluxo perturbado. Neste projeto, apresentamos a hipótese de que o remodelamento vascular, após uma perturbação mecânica, é controlado pela regulação fina da produção de agentes oxidantes nas células musculares lisa vasculares (VSMCs) que influenciam o retorno à homeostase tensional celular. Entendendo como este mecanismo funciona, deixará mais claro como as alterações sofridas nesse processo induzem um perfil pró-aterogênico. Utilizaremos a ligadura parcial da carótida como modelo de indução de aterosclerose, silenciamento genético por transfecção utilizando cDNA e siRNA, análise de propriedades viscoelásticas de vasos, e análise de estímulos mecânicos em vasos isolados estabilizados em sistema pressurizado. Espera-se obter um melhor entendimento sobre os padrões redox participantes no processo de retorno à homeostase de tensão com este projeto, assim como ter um panorama geral de como alterações nesta via subcelular induzem um perfil pró-aterogênico nos vasos e proliferativo nas VSMCs.