Busca avançada
Ano de início
Entree

Uma coleção de arte moderna italiana no Brasil e o meio artístico romano nos anos 1930

Processo: 19/12084-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de outubro de 2019
Vigência (Término): 26 de novembro de 2019
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Fundamentos e Crítica das Artes
Pesquisador responsável:Ana Gonçalves Magalhães
Beneficiário:Ana Gonçalves Magalhães
Anfitrião: Tristan Weddigen
Instituição-sede: Museu de Arte Contemporânea (MAC). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Bibliotheca Hertziana, Itália  
Vinculado ao auxílio:17/07366-1 - Coletar, identificar, processar, difundir: o ciclo curatorial e a produção do conhecimento, AP.TEM
Assunto(s):Colecionismo   História da arte

Resumo

O projeto a ser desenvolvido no período de estágio na Biblioteca Hertziana - Instituto Max Planck, em Roma, terá por objetivo o estudo de 28 pinturas italianas do acervo do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC USP), cuja proveniência e interpretação dentro do conjunto maior de obras italianas modernas, sob investigação desde 2009, ainda estão por ser devidamente estudadas. Elas indicam outra hipótese de escolhas e de relações com o meio artístico paulistano, no contexto da criação do Museu de Arte Moderna de São Paulo, na década de 1940. Ademais, este estudo está dentro do escopo do projeto temático que desenvolvo e do qual sou a pesquisadora responsável, cujo objetivo maior é a pesquisa em torno da coleção de arte moderna do MAC USP.