Busca avançada
Ano de início
Entree

Integrando ecologia do movimento em na ciência dos serviços ecossistêmicos

Processo: 19/13802-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 29 de novembro de 2019
Vigência (Término): 28 de novembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Renata Pardini
Beneficiário:Andrea Larissa Boesing
Supervisor no Exterior: Felix-Jan Joost Antoine Bianchi
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Wageningen University & Research, Holanda  
Vinculado à bolsa:17/26093-6 - Spillover de aves para cafezais e implicações para o controle de pragas, BP.PD
Assunto(s):Aves   Controle biológico   Ecologia da paisagem

Resumo

Um dos grandes desafios atuais é integrar a conservação da biodiversidade com práticas de produção sustentável. O spillover é um processo chave que relaciona a biodiversidade encontrada em manchas de habitat nativos com serviços de regulação (como a supressão de insetos pragas) em paisagens agrícolas. O controle natural de pragas promovido pela atuação de inimigos naturais (com frequência aves insetívoras) é uma alternativa promissora de controle. Entretanto, para que a supressão ocorra, é necessário a manutenção de áreas de vegetação nativa entremeada aos cultivos, as quais servem como habitat ou fonte de recursos complementares para estes inimigos naturais. Embora muitos estudos tem acessado o processo de spillover, estas medidas são tomadas frequentemente através da comparação de abundância de espécies dentro e fora dos habitats nativos, que podem ser tomadas de tempos em tempos, mas na maioria das vezes, em snapshots. Entretanto, dado que a abundância de espécies pode ser influenciada por muitos outros processos populacionais, esta medida não provém uma informação acurada e confiável do processo de movimento por trás do spillover. Compreender o processo de movimento de espécies que utilizam áreas agrícolas e como este movimento contribui para a provisão de serviços de regulação essenciais para a produção sustentável é uma grande lacuna de conhecimento a ser investigada. Assim, usando plantações de café como sistema de estudo e aves como agentes de supressão da broca-do-café (CBB), meu trabalho atual foca i) na investigação das forças motoras do spillover de aves insetívoras em áreas agrícolas, e ii) na investigação da relação entre o spillover de aves insetívoras e a provisão do controla da CBB ao longo de um gradiente de cobertura florestal. Esta proposta de BEPE objetiva contribuir com minha linha de pesquisa, através da obtenção de conhecimento sobre quais configurações de paisagem suportam o spillover de aves insetívoras efetivo e consequentemente significante efeitos no controle da CBB, através do uso de diferentes procedimentos de modelagem como ferramenta. Especificamente, esta proposta objetiva: 1) desenvolver um modelo matemático para estimar o uso do espaço em cafezais por aves insetívoras usando dados de receptores autônomos; 2) desenvolver um novo índice de spillover integrando dados de abundância e movimento de aves insetívoras; 3) integrar o novo índice de spillover desenvolvido em uma função de Kernel visando interpolar os resultados para áreas não amostradas. Esta proposta de BEPE será desenvolvida em Wageningen (Holanda), na Wageningen University and Research (WUR), reconhecida mundialmente como uma das mais importantes instituições de pesquisa em sistemas agrícolas e produção de alimentos.