Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação das propriedades físico-mecânicas e da atividade proteolítica da união resina-dentina obtida com agentes de condicionamento dentinário experimentais

Processo: 19/13613-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2019
Vigência (Término): 31 de outubro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Marcelo Giannini
Beneficiário:Maicon Sebold
Supervisor no Exterior: Lorenzo Breschi
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Local de pesquisa : Università di Bologna, Itália  
Vinculado à bolsa:18/09459-0 - Avaliação in vitro de agentes de condicionamento dentinário alternativos à base de cloreto férrico e ácido cítrico ou ácido nítrico, BP.DR
Assunto(s):Polimerização   Ácido cítrico   Dentística   Adesivos dentinários   Ácido nítrico

Resumo

Este estudo irá avaliar a união resina-dentina obtida por quatro pré-tratamentos de superfície (ácido fosfórico 37%, modo autocondicionante dos adesivos, solução 10:3 ou ácido nítrico 1,4%), por diferentes níveis de umidade pós-condicionamento e por dois sistemas adesivos "universais" contendo solventes distintos (a base de álcool ou acetona) em relação à atividade das metaloproteinases da matriz (MMPs), grau de conversão in situ e rigidez da matriz dentinária desmineralizada. Os adesivos serão aplicados sobre dentina úmida (grupos controle positivos) ou seca com jato de ar (grupos controle negativos e experimentais) após tratamento com os agentes de condicionamento por 15 s. Para os grupos do modo autocondicionante, os adesivos serão aplicados sobre dentina sadia, seguindo as recomendações dos fabricantes. A atividade das MMPs dentinárias será analisada por zimografia in situ (n=5) usando gelatina conjugada com fluoresceína. A atividade das MMP-2 e -9 dentinárias também será avaliada por zimografia in vitro com extratos de pó dentinário (n=4). O grau de conversão in situ da área de união resina-dentina será avaliado por meio de espectroscopia micro-Raman (n=3). O teste de resistência à flexão de três pontos será realizado a fim de analisar a rigidez da matriz dentinária desmineralizada (n=10) para cada um dos agentes de condicionamento testados. Os dados da zimografia in situ serão analisados descritivamente, enquanto os dados dos demais testes serão avaliados quanto à normalidade e igualdade de variâncias e, dependendo da sua distribuição, os dados serão submetidos aos testes paramétricos ou não-paramétricos mais adequados.