Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelos de biofilmes multiespécies para o estudo de novas estratégias de tratamento das infecções endodônticas persistentes/ secundárias

Processo: 19/12908-3
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de novembro de 2019
Vigência (Término): 31 de outubro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Pesquisador responsável:Ericka Tavares Pinheiro
Beneficiário:Ericka Tavares Pinheiro
Anfitrião: Thomas Thurnheer
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Zurich (UZH), Suíça  
Assunto(s):Biofilmes

Resumo

Introdução: A periodontite apical pós-tratamento é uma doença polimicrobiana. A identificação da composição bacteriana ativa nas infecções endodônticas é essencial para direcionar estratégias eficazes de tratamento. Recentemente, novas abordagens têm sido sugeridas para a remoção de infecções associadas a biofilmes polimicrobianos, incluindo o uso de inibidores do quorum-sensing, enzimas e peptídeos ou aminoácidos antimicrobianos. Recentemente, resultados promissores foram mostrados na inibição da formação de biofilme e / ou diminuição da viabilidade de biofilmes mono-espécies formados por espécies bacterianas orais ou não-orais. No entanto, até o momento, há pouca informação sobre a eficácia das abordagens acima citadas sobre biofilmes multiespécies.Objetivos: Os objetivos deste estudo serão os seguintes: (a) investigar a comunidade bacteriana ativa em dentes com periodontite apical pós-tratamento; (b) examinar os padrões de colonização bacteriana / disposição espacial das bactérias nos cones de guta-percha; e (c) explorar as propriedades antimicrobianas de uma mistura de peptídeos antimicrobianos constituída do lantibiótico nisina e de D-aminoácidos (DDAs) em um modelo de biofilme endodôntico multiespécies.Métodos: Sequeciamento de nova geração (Next Generation Sequence - NGS) baseadas em RNA ribossômico (rRNA) e genes rDNA serão utilizadas para análise de amostras de canais radiculares de dentes com periodontite apical pós-tratamento. O DNA e o RNA serão extraídos das amostras e o DNA complementar (cDNA) será sintetizado por meio da reação de transcrição reversa. DNA e cDNA serão submetidos a PCR com primers que amplificam a região V1-V2 do gene 16S rRNA seguido da análise NGS. A relação entre o rRNA e rDNA de cada unidade taxonômica operacional (OTU) será utilizada como um índice de atividade metabólica de bactérias nas amostras de canais radiculares. A fim de fornecer informações adicionais sobre a colonização bacteriana dos materiais de obturação, as amostras de guta-percha dos canais radiculares serão analisadas utilizando hibridização fluorescente in situ (FISH) e microscopia confocal de varredura a laser (CLSM). Adicionalmente, um modelo de biofilme subgengival modificado, que consiste de 11 espécies, será exposto a uma mistura de peptídeos antimicrobianos e DDAs isolados ou combinados com NaOCl 1%. A viabilidade do biofilme será avaliada pela contagem de unidades formadoras de colônia (UFCs) e análise de imagem por CLSM após coloração de viabilidade bacteriana.