Busca avançada
Ano de início
Entree

Período de dominância do folículo ovulatório na qualidade embrionária em vacas Bos indicus e Bos Taurus

Processo: 19/15129-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 14 de outubro de 2019
Vigência (Término): 23 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Roberto Sartori Filho
Beneficiário:Rodrigo Lemos Olivieri Rodrigues Alves
Supervisor no Exterior: Ky G. Pohler
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Local de pesquisa : Texas A&M University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:18/14723-8 - Influência da duração da dominância folicular na qualidade embrionária e fertilidade de vacas Nelore, BP.MS
Assunto(s):Bos taurus   Bos taurus indicus

Resumo

O crescimento folicular durante o ciclo estral da vaca ocorre na forma de ondas foliculares e consiste nas seguintes fases: 1) emergência da onda folicular (EF), na qual os folículos apresentam 4 mm de diâmetro; 2) desvio folicular (DF), que ocorre quando os folículos medem aproximadamente 8,5 mm de diâmetro em Bos taurus e 6 a 7 mm em Bos indicus e 3) ovulação, na qual o folículo dominante em desenvolvimento responde a um pico pré-ovulatório do hormônio luteinizante (LH). Estudos realizados em vacas leiteiras e vacas e novilhas de corte Bos taurus relataram um efeito negativo do tempo de dominância folicular na qualidade do oócito, desenvolvimento embrionário e na fertilidade. No entanto, dados preliminares de um estudo recente do nosso laboratório sugeriram pouco ou nenhum efeito da persistência folicular na fertilidade de vacas Bos indicus (Nelore), embora mais estudos sejam necessários. Portanto, a fim de investigar se diferentes grupos genéticos têm sensibilidade oocitária distinta ao desenvolvimento de folículos persistentes, o presente estudo tem como objetivo avaliar o impacto da idade folicular (período de dominância) na qualidade embrionária de vacas ou novilhas Bos indicus (Brahman) vs. Bos taurus (Aberdeen Angus). Deste modo, 80 vacas ou novilhas (40 de cada grupo genético) serão submetidas a um protocolo de pré-sincronização seguido de um tratamento desenvolvido para gerar folículos persistentes. Ao final do protocolo, as vacas serão submetidas à inseminação artificial em tempo fixo (IATF). Sete dias após a IA, será realizada uma lavagem uterina transcervical não cirúrgica para recuperação e avaliação do embrião. A hipótese principal é que a dominância folicular prolongada afeta negativamente a qualidade embrionária em Bos taurus, mas não em Bos indicus.