Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese, ativação e aplicação eletroquímica de carbono não comercial

Processo: 19/12328-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2019
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Robson da Silva Rocha
Beneficiário:Beatriz Corrêa Dias Pinheiro
Instituição-sede: Escola de Engenharia de Lorena (EEL). Universidade de São Paulo (USP). Lorena , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/10118-0 - Estudo e aplicação da tecnologia eletroquímica para a análise e a degradação de interferentes endócrinos: materiais, sensores, processos e divulgação científica, AP.TEM
Assunto(s):Eletroquímica   Carbono amorfo   Carvão ativado   Adsorção   Eletrodos

Resumo

A utilização de materiais constituídos de carbono ou materiais carbonosos em estudos ambientais é conhecida na literatura. Alguns estudos objetivam a ativação química ou física desses materiais para aplicações específicas, desde o aprimoramento na adsorção de contaminantes até a confecção de eletrodos de carbono para estudos da reação de redução de oxigênio. Entretanto, a aquisição de pó de carbono para estudos laboratoriais não é trivial, devido ao pequeno número de fornecedores brasileiros e a oferta do produto ser sempre em grandes quantidades, acima do necessário para estudos acadêmicos. Nesse contexto, o presente projeto tem como objetivo sintetizar carbono ativado a partir da calcinação de resíduos de madeira, com posterior ativação química e aplicação como eletrodos no estudo da RRO em meio aquoso ácido, comparando a atividade eletroquímica do carbono sinterizado com materiais de carbono comerciais conhecidos na literatura.