Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de sistema de liberação nanoestruturado como medicação intracanal de dentes decíduos e permanentes

Processo: 19/20043-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de outubro de 2019
Vigência (Término): 30 de junho de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Pesquisador responsável:Daniela Spuri Bernardi
Beneficiário:Mariana Taíse Zerbini
Empresa:Lipid Ingredients & Technologies Ltda. - ME
CNAE: Comércio varejista de produtos farmacêuticos para uso humano e veterinário
Pesquisa e desenvolvimento experimental em ciências físicas e naturais
Vinculado ao auxílio:17/22639-4 - Desenvolvimento de sistema de liberação nanoestruturado como medicação intracanal de dentes decíduos e permanentes, AP.PIPE
Assunto(s):Nanotecnologia   Sistemas de liberação de medicamentos   Medicação intracanal   Hidróxido de cálcio   Materiais dentários   Cárie dentária

Resumo

A prevenção da doença cárie e de problemas de saúde bucal devem ser iniciados desde os primeiros anos de vida. Apesar de todo avanço na área da saúde, o Brasil ainda possui um alto índice de cárie dentária, principalmente nas crianças. Quando não tratadas este quadro evoluem para a infecção de todo o sistema de canais radiculares necessitando de tratamento endodôntico em múltiplas sessões clínicas, que acarretam tempo clínico e custo elevados e um tratamento de difícil execução neste tipo de paciente. Além disso, o tratamento inadequado do canal pode causar a perda precoce de dentes decíduos e promover consequências importantes para a formação da dentição permanente. Embora haja vários tipos de medicação intracanal para o tratamento de canal radicular, que apresentam diferentes vantagens e desvantagens, o hidróxido de cálcio é o que possui os principais pré-requisitos de uma medicação intracanal, tais como atividade antimicrobiana de amplo espectro, neutralização do LPS e biocompatibilidade. Entretanto, o hidróxido de cálcio possui algumas desvantagens como dificuldade ao uso, eficácia variável dependendo do veículo utilizado, além da necessidade de manutenção no interior do canal radicular por período prolongado. Outro ponto importante é que as medicações intracanal disponíveis no mercado, incluindo as formulações contendo hidróxido de cálcio, em geral não atendem completamente as exigências do uso em dentes decíduos, tais como, ampla difusão no complexo sistema de canais radiculares, as reduzidas dimensões dos dentes decíduos que dificulta a sua inserção, necessidade de uma liberação mais controlada e maior eficácia para redução de trocas. Atualmente, a utilização da nanotecnologia pode proporcionar alterações significativas nos veículos provendo um aumento na biodisponibilidade, segurança e eficácia de produtos para a saúde. O objetivo desta proposta é o desenvolvimento de um sistema de liberação nanoestruturado contendo hidróxido de cálcio que possa ser utilizado como medicação intracanal apresentando maior eficácia, redução do número de sessões e uma opção terapêutica mais segura e conveniente para os pacientes, em especial o pediátrico, e para o dentista. O projeto será dividido em 03 etapas compreendendo: desenvolvimento do sistema de liberação nanoestruturado contendo hidróxido de cálcio com diferentes ingredientes biocompatíveis e seguros, caracterização físico-química das formulações e avaliação da eficácia das formulações como uma medicação intracanal. Assim, o desenvolvimento deste projeto está alinhado com as necessidades do mercado e dos pacientes por oferecer uma medicação intracanal segura, eficaz, de fácil uso e que proporcione uma redução do custo do tratamento de canal em dentes decíduos e permanente.