Busca avançada
Ano de início
Entree

O Theatro nacional na Belle Époque: as temporadas de 1910 e 1912 do Theatro Municipal do Rio de Janeiro

Processo: 18/26644-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2019
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2023
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Teatro
Pesquisador responsável:Elizabeth Ferreira Cardoso Ribeiro Azevedo
Beneficiário:Phelippe Celestino Pereira dos Santos
Instituição-sede: Escola de Comunicações e Artes (ECA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Dramaturgia   Belle Époque   História do teatro

Resumo

Contrariando a crítica tradicional, parte-se da hipótese de que houve, durante as duas primeiras décadas do século XX, na então capital do Brasil, o Rio de Janeiro, uma sólida e potente produção teatral voltada ao drama. Para isso, utiliza-se como objeto de investigação dois conjuntos de peças selecionadas por uma Comissão da Academia Brasileira de Letras e destinadas a serem representadas no palco do Theatro Municipal nas temporadas nacionais dos anos de 1910 e de 1912. Como materiais de pesquisa, são abordadas as crônicas e os comentários presentes em jornais e outros impressos da época, além dos relatos e dos registros encontrados nas primeiras obras em torno da História do Teatro Brasileiro. A partir de estudos feitos previamente, denota-se a potencialidade dessas experiências em produzir resulta-dos consistentes acerca das discussões sobre as relações do Estado e da sociedade com o teatro. Trata-se, em suma, da análise e reflexão de um período no qual se percebe a gênese dos debates em torno do papel do Estado frente a produção teatral, ao desenvolvimento da cultura na sociedade e a formação de um Teatro Brasileiro Moderno.