Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese e caracterização de materiais transportadores de buraco para células solares de perovskita

Processo: 19/08257-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2019
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Ana Flávia Nogueira
Beneficiário:Lucas Scalon
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/11986-5 - Divisão de Pesquisa 1 - portadores densos de energia, AP.PCPE
Assunto(s):Células solares

Resumo

A tecnologia fotovoltaica tem se demonstrado uma promissora alternativa para geração de energia limpa e renovável. Nesse contexto, as células solares de perovskita (PSC) merecem destaque entre as tecnologias emergentes uma vez que apresentam manufatura de baixo custo, em relação a tecnologia baseada no silício, além dos elevados valores de eficiência (superando o silício policristalino). Isso torna essa tecnologia altamente competitiva e promissora. Entretanto, a instabilidade das PSC é um fator limitante para sua aplicação comercial. Uma maneira de melhorar esse problema consiste no uso de estruturas de perovskitas de baixa dimensionalidade (LDP) nas interfaces do dispositivo, cujo objetivo principal é o aumento da energia de formação e do caráter hidrofóbico, tornando a camada ativa mais resistente à degradação por oxigênio e água. Dessa forma, a proposta desse projeto de Mestrado consiste na síntese e caracterização de novos materiais transportadores de buracos (HTM) cujas estruturas permitam, além do transporte de buracos, a geração de estruturas LDP na interface com a perovskita. Nessa abordagem, além de se apresentarem alternativas ao uso do Spiro-OMeTAD - um material caro, instável e amplamente utilizado como camada transportadora de buracos em PSC - será possível esperar um aumento da estabilidade ocasionado pela formação da camada hidrofóbica de LPD na interface com o filme de perovskita.