Busca avançada
Ano de início
Entree

Manejo da irrigação e doses de nitrogênio no desenvolvimento de 'Tifton 419'

Processo: 19/14670-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2022
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Roberto Lyra Villas Boas
Beneficiário:Patrick Luan Ferreira dos Santos
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Manejo da irrigação   Fertilizantes nitrogenados   Grama bermuda

Resumo

O mercado de gramados esportivos, teve um grande salto econômico no Brasil, tendo a grama bermuda híbrida Tifton 419 grande destaque, devido a suas características ideais para campos esportivos. Contudo, áreas gramadas necessitam de manejos de adubação e irrigação adequados para seu o desenvolvimento e para propiciar uma boa prática do esporte, sendo necessárias pesquisas que indiquem a dose correta de N a ser utilizada, e o turno de irrigação adequado. Assim, o objetivo do trabalho será obter recomendações técnicas para o manejo hídrico e para a adubação nitrogenada a fim de melhorar o desenvolvimento de campos esportivos brasileiros instalados com Tifton 419. O delineamento experimental será em blocos casualizados em esquema fatorial (2x5), com dois manejos de irrigação e cinco doses de nitrogênio, com 4 repetições. Cada parcela será de 5,0 x 5,0 m, com 1,0 m de bordadura. Os manejos da irrigação serão diferenciados pela frequência, (frequência diária, repondo a lâmina evapotranspirada do dia anterior, e irrigado a cada dois dias, repondo a soma da lâmina evapotranspirada dos dois dias anteriores). Para as doses de N (fonte Sulfato de amônia), foi definida uma dose de referência (562,5 kg N ha-1 ano-1), assim os tratamentos serão respectivamente: 0; 281,25; 421,88; 703,13 e 843,75 kg N ha-1 ano-1 respectivamente. As avaliações serão: análise química e física do solo; análise da solução do solo; teor de clorofila das folhas; massa seca das folhas; altura do gramado; análise química foliar das aparas; análise enzimática das folhas; taxa de recuperação do gramado; comprimento das raízes e massa seca das raízes, estolões e rizomas; resistência mecânica à penetração; índice de cor verde; análise de imagem digital; medidor de refletância de luz; resistência do gramado a tração; velocidade do rolamento da bola no campo e rebote da bola ("quique"). (AU)